Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2086
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorLopes, Almerinda da Silva-
dc.date.accessioned2016-08-26T15:18:52Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-26T15:18:52Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/2086-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectCorpor
dc.subjectEspaçopor
dc.subjectTempopor
dc.subjectEstruturapor
dc.subjectColoreng
dc.subjectSpaceeng
dc.subjectTimeeng
dc.subjectStructureeng
dc.titleHélio Oiticica: a grande ordem da corpor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc7-
dc.subject.br-rjbnHistória - Artepor
dc.subject.br-rjbnOiticica, Hélio, 1937-1980por
dcterms.abstractEste trabalho: Hélio Oiticica: a grande ordem da cor analisa a espacialização da cor na trajetória artístico-experimental deste artista entre os anos 1955-1965. Hélio Oiticica construiu um percurso poético no qual a cor foi uma constante, o eixo de sua fatura, que nasceu na pintura e se projetou para o espaço tridimensional, construindo intenso cruzamento arte-vida. Desde os Bilaterias, Invenções, Relevos Espaciais, Núcleos e Penetráveis até os Bólides, atingindo o ápice nos Parangolés, delimita-se uma passagem que atesta o alto grau de importância experimental da cor na obra do artista. Etapas decisivas que conduziu à libertação da cor pintura para o espaço. Para Hélio Oiticica, estrutura e cor são inseparáveis, assim como o espaço e o tempo, dando-se na obra, a fusão orgânica desses quatro elementos que ele considerava dimensões de um só fenômeno. Uma tomada de consciência do espaço como elemento totalmente ativo, insinuando-se aí o conceito de tempo. A estrutura da pintura transformando-se em elemento vivo; a cor manifestando-se íntegra e absoluta na sua estrutura quase diáfana e limitada do quadro e, paralelamente, a própria ruptura da forma retangular do quadro. Não foi propriamente a destruição do quadro em si, mas a sua transformação em outra coisa, já que a sua experiência com a pesquisa da cor-luz e a redução da pintura ao puro plano de cor o levaram ao espaço.por
dcterms.abstractThis paper, "Hélio Oiticica: the supreme order of color" analyzes the spatial distribution of color in the artistic and experimental trajectory of this artist between the years 1955-1965. Helio Oiticica built a poetic way in which the color was a constant, the axis of his invoice, which was born in the painting and designed for threedimensional space, building a strong crossing between art-life. Since the Bilateral, Inventions, Spatial Reliefs, and Penetrable, Nucleus to the Bólides, reaching an apex in Parangolés, it’s delimited a passage that attests to the high degree of importance of color in the experimental work of the artist. Decisive steps that led to the release of the painting into space. For Helio Oiticica, structure and color are inseparable, as are space and time, occurring in his work, the organic fusion of these four elements that he considered the dimensions of a single phenomenon, the awareness of space as a fully active element, implying from it the concept of time. The structure of the painting becoming a living element, the color manifesting itself in full and absolute in the almost diaphanous structure and limited framework and, at the same time, the actual rupture of the rectangular frame. It was not exactly the destruction of the painting itself, but its transformation into something else, since his experience with research about the "color-light" and the reduction of the painting for the pure scheme of color took him into spaceeng
dcterms.creatorSantos, Nívia Valéria dos-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2012-03-14-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Artespor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqArtespor
dc.publisher.courseMestrado em Artespor
dc.contributor.refereeGrando, Ângela-
dc.contributor.refereeSiqueira, Vera Beatriz-
Aparece nas coleções:PPGA - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_5410_Nívia Valéria dos Santos.pdf18.37 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.