Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2107
Título: Amarelinho: uma experiência com arquivos dos Festivais de Verão em Nova Almeida
Autor(es): ARCANJO, E. C.
Orientador: NEVES, A. E.
Data do documento: 20-Nov-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ARCANJO, E. C., Amarelinho: uma experiência com arquivos dos Festivais de Verão em Nova Almeida
Resumo: O trabalho Amarelinho: uma experiência com arquivos dos Festivais de Verão tem como fonte de pesquisa os registros localizados na sala de arquivos do Centro de Artes da Universidade Federal do Espírito Santo. Esses registros documentam uma série de eventos realizados pelo Centro de Artes por uma década (1989/1999), em toda segunda quinzena do mês de janeiro de cada ano, na Igreja de Reis Magos, na cidade de Nova Almeida em Serra, Espírito Santo. A palavra Amarelinho aparece como elemento aglutinador desta experiência narrativa, como um dispositivo de conversas com alguns participantes do evento para um registro histórico polifônico. Isso porque a palavra Amarelinho se refere ao nome e à cor de um bar de veraneio que acolhia os frequentadores dos Festivais de Verão em Nova Almeida, que ali se reuniam todos os dias para conversar. Um lugar onde os protocolos eram quebrados em função das conversas em fluxo, lugar de sensações, afetos e construção de linguagens. Neste trabalho a palavra é utilizada como estratégia para a construção de um ambiente discursivo em sintonia com o objeto de estudo, falar de uma história em curso com os arquivos dos Festivais de Verão em Nova Almeida. Os conceitos de ontologia do presente e de arquivo de Michel Foucault são colocados em exercício com a pesquisa que inclui também um estudo de caso, o projeto Você gostaria de participar de uma experiência artística?, de Ricardo Basbaum, visto por suas relações históricas com o evento. Trata-se, portanto, de um estudo crítico- teórico e também de uma experiência poética com os arquivos, imagens e textos elaborados com os programas de cursos e seus registros, daí a presença da palavra experiência, que não quer remeter a um passado, mas transitar por tempos heterogêneos. Palavras-chave: Arte. Arquivo. Ficção. Micropolítica. Pesquisa com arte.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2107
Aparece nas coleções:PPGA - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_7234_amarelinho_uma experiência... [edison arcanjo] 4 volumes.pdf130.83 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.