Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2167
Título: Nos cadernos escolares de um passado recente : uma história do ensino da leitura no estado do Espírito Santo
Autor(es): Becalli, Fernanda Zanetti
Orientador: Schwartz, Cleonara Maria
Palavras-chave: Práticas alfabetizadoras
História do ensino da leitura
Cadernos e demais suportes de registros escolares
Data do documento: 23-Ago-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este relatório de pesquisa integra estudos desenvolvidos no campo da história da alfabetização e do ensino da leitura no Estado do Espírito Santo, numa abordagem histórica, cultural e social, pela linha de pesquisa Educação e Linguagens (verbal) do Programa de Pós-Graduação do Centro de Educação da Universidade Federal do Espírito Santo. Trata de uma investigação documental, pautada pela perspectiva dialógica da linguagem, que tem como problema de estudo a história recente e ainda presente do ensino escolar da leitura em classes de alfabetização de escolas públicas capixabas. Ao focalizar essa temática, busca compreender, por um lado, modelos de situações didáticas considerados, pela equipe pedagógica do Programa de Formação de Professores Alfabetizadores (PROFA), como apropriados para orientar a prática docente, no que se refere à organização do trabalho com a leitura e, por outro lado, como esses modelos foram apropriados, usados e/ou transformados por professoras alfabetizadoras que trabalhavam em turmas do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental. Para isso, toma por base as contribuições da perspectiva bakhtiniana de linguagem, buscando dialogar com discursos acerca do ensino da leitura que insinuam vestígios de práticas alfabetizadoras, materializados em cadernos e demais suportes de registros escolares de professoras que cursaram o PROFA, no Espírito Santo, e de alunos que estudaram com elas, a fim de responder se a proposição de tais atividades contribuiu para a instauração de mudanças no trabalho com a leitura ou para a manutenção de soluções já presentes nas tradicionais cartilhas de alfabetização. Constata que as situações didáticas de leitura do PROFA permaneceram tomando o texto como pretexto para o ensino de unidades menores da língua (especificamente, a palavra). Considera que as professoras participantes da pesquisa, ao se apropriarem (ou não) de conhecimentos teóricos e metodológicos sobre a leitura e o seu ensino, realizaram um trabalho de compreensão ideológica ativa sobre o que lhes foi prescrito pelo PROFA e manifestaram consensos, algumas concordaram e outras discordaram (total ou parcialmente), complementando-os, transformando-os ou se recusando a aplicá-los em suas salas de aula. Isso porque elas não são coisas mudas ou objetos invisíveis, cujas vozes são caladas, esquecidas, silenciadas, mas sujeitos responsivos que não reproduzem as prescrições oficiais.
This research report includes studies conducted in the field of the history of literacy and the teaching of reading in the State of Espírito Santo, a historical approach, cultural and social, the line of research Education and Languages (verbal) Program Graduate Center Education of the Federal University of Espírito Santo. Is a desk research, guided by dialogical perspective of language, which has the problem of study the recent history and yet this school teaching reading literacy classes in public schools capixabas. By focusing on this theme, focuses on the one hand, models of teaching situations considered by the teaching staff of the Training of Literacy Teachers (PROFA), as appropriate to guide teaching practice, with regard to the organization of work and reading and, on the other hand, as these models have been appropriated, used and/or processed by literacy teachers working in classes from 1st to 3rd grade of elementary schoo. For that, based upon the contributions of language bakhtinian perspective, seeking dialogue with discourses about teaching reading to insinuate traces of literacy practices, embodied in books and other media records of primary school teachers who attended PROFA in the Holy Spirit, and students who have studied with them in order to respond to the proposition of such activities contributed to the achievement of labor changes with the reading or the maintenance solutions already present in traditional literacy primers. Notes that the didactic situations reading PROFA remained taking the text as a pretext for teaching smaller units of language (specifically the word). Considers that the teachers participating in the research, by incorporating (or not) theoretical and methodological knowledge about reading and teaching, undertook a study of active ideological understanding about what they have been prescribed by PROFA and expressed consensus , agreed and some other disagreed ( fully or partially ), complementing them, turning them, or refusing to apply them in their classrooms. This is because they are not dumb things or objects invisible, whose voices are silenced, forgotten, silenced, but not responsive subjects reproduce the official regulations.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2167
Aparece nas coleções:PPGE - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_6804_TESE compilada - FERNANDA Z BECALLI.pdf5.61 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.