Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2173
Título: A presença da família camponesa na escola família agrícola : o caso de Olivânia
Autor(es): Caliari, Rogério
Orientador: Foerste, Erineu
Palavras-chave: Família camponesa
Escola família agrícola
Pedagogia da alternância
Campesinidade
Ethos camponês
Data do documento: 7-Out-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A pesquisa analisa as relações entre a família camponesa e a Escola Família Agrícola de Olivânia, localizada no Vale do rio Coryndiba, no município de Anchieta, Estado do Espírito Santo, Brasil. Foi desenvolvida na linha de pesquisa: Cultura, Currículo e Formação de Educadores do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo. Problematiza como se constituem os momentos de participação da família camponesa na Pedagogia da Alternância e mais especificamente como estão presentes nas práticas educacionais desta instituição de ensino. Analisa aspectos teóricos e práticos sobre participação (Santos Guerra, 2002; Gimonet 2007; García-Marirrodriga e Puig-Calvó, 2010 e; Duffaure, 1993 ). Também aprofunda discussões sobre ethos camponês (Brandão, 1995, 1995a, 1999 e; Woortmann, 1990a, 1997). As abordagens qualitativas em educação possibilitaram aprofundamento sobre questões metodológicas socioantropológicas (Da Matta,1987; Brandão, 2003 e; Fichtner et al, 2013). Os processos investigações para produção, sistematização e análise de dados beneficiaram-se da realização de entrevistas semiestruturadas, análise documental, observação direta, registros sistemáticos em diário de campo. As complexas realidades encontradas foram focalizadas de forma abrangente e contextualizada em rodas de conversas com os protagonistas da pesquisa a partir dos movimentos e momentos de interação potencializados pela Pedagogia da Alternância. A participação das famílias camponesas nos espaços da Escola Família Agrícola de Olivânia, independentemente das transformações que se processam no Vale, contribui de forma peculiar para a promoção da autoestima dos sujeitos envolvidos, gera novas formas de autorrepresentação, cria outras percepções da realidade, valoriza os saberes camponeses gerados nas relações das ancestralidades familiares, amplia estratégias para novos espaços de ação comunitária e de reconstrução do ethos camponês.
This research examines relations between peasant families and the Agricultural Family School located in the Valley of the Coryndiba River, in the municipality of Anchieta, Espírito Santo, Brazil. It was developed along the research line of the Culture, Curriculum and Teacher Training of the Graduate Program in Education of the Federal University of Espírito Santo. It discusses how the moments of participation by peasant family in the pedagogy of Alternation are constituted, and more specifically their presence in educational practices in this educational institution. Theoretical and practical aspects regarding participation are discussed (Santos Guerra, 2002; Gimonet 2007; García-Marirrodrga e Puig-Calvó, 2010 e; Duffaure, 1993 ). It also deepens discussions about "peasant ethos" (Brandão, 1995, 1995a, 1999 e; Woortmann, 1990a, 1997). The qualitative approach to education made it possible to explore methodological issues of socio-anthropological research (Da Matta,1987; Brandão, 2003 e; Fichtner et al, 2013). The research processes for production, systematization data analysis have been based on semi-structured interviews, document analysis, direct observation, and systematic field notes. The complex realities that were encountered have been comprehensively focused and contextualized in group-discussions with the researches protagonists. The movements and moments of interaction as enhanced by the Pedagogy of Alternation where central. The presence of peasant families in the Agricultural Family School in Olivânia, contributes to the promotion of their self-esteem, regardless of changes that render in the Valley, it generates new forms of self-representation, creates new perceptions of its reality, values the knowledge generated in the relations of peasants ancestries, extends strategies for new spaces of community action and reconstructio of their "peasant ethos".
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2173
Aparece nas coleções:PPGE - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_6913_TESE JUNTO - pdf.pdf13.05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.