Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2261
Título: Os sentidos da formação profisssional para os lavradores do entorno do IFES - Campus Itapina
Autor(es): SANTOS, J. S.
Orientador: OLIVEIRA, E. C.
Palavras-chave: Produção de Sentidos
Formação Profissional
Trabalho
Data do documento: 19-Mai-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SANTOS, J. S., Os sentidos da formação profisssional para os lavradores do entorno do IFES - Campus Itapina
Resumo: Esse estudo tem como objetivo geral problematizar os sentidos atribuídos à formação profissional pelos lavradores das localidades do entorno do IFES-Campus Itapina, num contexto de indução de políticas que buscam integrar ensino médio e educação profissional na modalidade EJA. Tendo como referência a concepção de trabalho como dimensão da formação humana, a partir da perspectiva materialista-histórica, bem como a teorização sobre o conceito de sentido na perspectiva histórico-cultural e a abordagem dos conceitos de experiência e formação na ótica da hermenêutica contemporânea, a pesquisa foi realizada em localidades do entorno do IFES-Campus de Itapina, situadas à margem esquerda do Rio Doce em um raio de aproximadamente 30 Km desta instituição. Para tanto, o estudo de caso emergiu como metodologia apropriada para a abordagem do objeto, envolvendo as seguintes etapas metodológicas: observação e contato com os moradores das localidades do entorno, através da pesquisa do Grupo PROEJA/CAPES/SETEC/ES; levantamento bibliográfico das produções acadêmicas e não-acadêmicas sobre a Escola Agrotécnica Federal de Colatina; participação em espaços de intercâmbio e estudo; trabalho de campo no entorno, com a realização de entrevistas semi-estruturadas, com 14 lavradores adultos, dos sexos masculino e feminino, que apresentam histórico de descontinuidade escolar e residem no entorno, e observação da área estudada; realização de entrevistas com três professores e um gestor do Campus Itapina; e sistematização e análise dos dados produzidos em campo Os sentidos e não-sentidos da formação profissional atribuídos pelos lavradores foram produzidos a partir do contexto de exclusão e desigualdade social, ou seja, estão relacionados às suas necessidades e condições materiais concretas de existência na sociedade capitalista. Os resultados do processo de investigação apontam para a necessidade de atendimento das demandas formativas dos lavradores pelo IFES-Campus Itapina e a garantia de condições para o exercício do direito à educação por esses sujeitos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2261
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_4138_JÚLIO SANTOS.pdf1.98 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.