Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2271
Título: Práticas de alfabetização em séries iniciais em duas escolas do ensino fundamental do município de Vitória
Autor(es): Costa, Kaira Walbiane Couto
Orientador: Gontijo, Cláudia Maria Mendes
Data do documento: 29-Out-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este trabalho consiste em um estudo de caso, que tem como objetivo analisar as práticas de alfabetização das professoras de duas escolas do Sistema Municipal de Ensino de Vitória, ES. Compreendemos a alfabetização como uma prática social e cultural que envolve o trabalho de produção de textos orais e escritos, de leitura e conhecimentos sobre o sistema de escrita. Sob a égide dessa concepção procuramos saber quais dimensões da alfabetização são mais privilegiadas pelas professoras alfabetizadoras a fim de concluir sobre o conceito que orienta as práticas das professoras. Utilizamos para coleta dos dados a observação participante em sala de aula, entrevistas e gravações em audiovisual e fotografias. Com base nos dados selecionamos os eventos destinados ao ensino da língua materna e organizamos as categorias conceituais que evidenciam as práticas das docentes. Para análise dos eventos, tomamos como base os pressupostos teóricos da perspectiva bakhtiniana de linguagem, dialogando também com diferentes autores que partem dessa perspectiva. Consideramos que as práticas de alfabetização das professoras apresentam semelhanças, pois nas duas salas de aula foram privilegiados o ensino dos conhecimentos sobre o sistema de escrita, a leitura e a produção de textos. Entretanto, a ênfase no primeiro conhecimento evidencia que a alfabetização é concebida como um processo de aquisição das habilidades de ler e escrever – decodificação e codificação
This paper is about a case study which is aimed at analyze the literacy practices of the teachers from two schools of the Municipal Teaching System of Vitória/ES. Literacy is seen as a social and cultural practice which involves the production of oral and written texts, reading and knowledge about the writing system. Supported by this concept we tried to discover which literacy dimensions are more privileged by the literacy teachers with the objective of knowing the concept which guides the teachers’ practices. Participative classroom observation, interviews, audio recordings and photographs were used to collect data. Based on the data collection the events destined to the teaching of the mother tongue were selected and the conceptual evidences which permeate the teachers’ practices organized. For the analysis of the events, the theoretical presuppositions of the bakhtiniana’s philosophy of languages were used, considering different authors who follow the same perspective as well. The literacy teachers’ practices are seen as having similarities once the knowledge teaching of the writing system, reading and text production were privileged in the two classrooms. However, the emphasis on the first knowledge highlights that literacy happens as a process of the acquisition of the reading and writing skills - decodification and codification
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2271
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4803_KAIRA WALBIANE COUTO COSTA.pdf8.58 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.