Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2280
Título: Redes de conversas e afetos como potencialidades para as práticas curriculares e para a formação de professores da educação infantil
Autor(es): Rodrigues, Larissa Ferreira
Orientador: Carvalho, Janete Magalhães
Palavras-chave: Redes de conversas e afetos
Formação continuada
Práticas curriculares
Data do documento: 16-Ago-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Aborda o estudo dos processos formativos e curriculares na Educação Infantil, ao procurar problematizar, valorizar e vivenciar a composição de linguagens, conhecimentos e afetos pelo intercambiamento de experiências docentes e das ações coletivas produzidas nas redes de conversações que emergem em um Centro Municipal de Educação Infantil de Vitória/ES. Dedica-se a compreender como as experiências narradas e vividas pelos professores, podem potencializar a configuração de novos territórios existenciais para os processos curriculares e de formação continuada, a partir de uma cartografia dos afetos presentes nas redes de conversas. Tece um debate teórico que se compõe pelas linhas de pensamento principalmente de Carvalho (2008, 2009a, 2009b, 2009c); Deleuze (1992, 1994, 1997); Deleuze e Guattari (1992, 1994, 1995, 1996, 1998), Foucault (1979, 2006a, 2006b); Rolnik (2007), dentre outros autores. As opções teóricometodológicas estabelecem uma pesquisa de campo na intercessão entre os procedimentos dos estudos com o cotidiano e os da pesquisa cartográfica. Utiliza, como instrumentos de produção de dados a observação participante, o registro em diário de campo, o registro fotográfico, as narrativas e as conversas dos professores e as experiênciasformações. Os apontamentos da pesquisa destacam alguns dos desejos sociais de educação dos professores, dentre eles, os que perpassam pela configuração de novos mapas existenciais para a criação de currículos em DevirCriança; pelo desenvolvimento de pontos de politização capazes de promover um novo modo de ligação teóricoprático; pela criação de novas relações de poder estabelecidas pelos efeitos produtivos do poder nas práticas curriculares e formativas; pela valorização das microexperiências em DevirConversasDocentes e; pela produção de CurrículosCrianças. Enfim, propõe a valorização das experiências narradas e vividas por professores como ações micropolíticas, capazes de potencializar a formação continuada, a produção do currículo escolar na Educação Infantil, assim como, percebe nas redes de conversas potencialidades para tecer uma educação de qualidade, de modo a conceber a escola como uma comunidade de afetos.
It approaches the study of curricular and development processes in Early Childhood Education, in a way to problematize, value and live the languages’ composition, knowledge and affection, through exchanging teacher experiences and group actions, produced in chat networks that emerge in a City Center of Early Childhood Education of Vitória/ES. It engages to understand the way experiences, lived and told by teachers, can potentiate the configuration of new existential areas for curricular processes and continue formation, from a “cartography” of the affects that attended chat networks. It also “weaves” a theoretical debate, which consists in thought lines, mainly from Carvalho (2008, 2009a, 2009b, 2009c); Deleuze (1992,1994, 1997); Deleuze and Guattari (1992, 1994, 1995,1996,1998); Foucault (1979, 2006a, 2006b); Rolnik (2007), despite other authors. The theoretical and methodological options establish a field research between the procedure of the studies with the daily and the cartographic research. It uses, as an instrument of data production for participant observation, the record in field diary, the photographic record, the teachers’ narratives and talks and the formation experiences. Directions of the researches emphasis some teachers’ social desires about education and, among those, the ones which run though the configuration of new existential maps for curricular creation in DevirCriança; through development of politicization points, able to promote a new way of theoretical and practical connections; through the creation of new power relationships established by productive effects of power in curricular and formative practices; through micro-experiences’ appreciation in DevirConversasDocentes; and through the production of CurrículosCrianças. Finally, it proposes the appreciation of experiences, narrated and lived by teachers, like micro political actions, able to potentiate the continue formation, the production of a school curriculum in Early Childhood Education, and also realizes, in chat networks, potentials to “weave” a quality education, in order to conceive the school as an affective community.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2280
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_5232_LARISSA FERREIRA RODRIGUES.pdf22.65 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.