Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2309
Título: Desenhos animados e desenhos infantis: relações de experiência e memória.
Autor(es): Oliveira, Dianni Pereira de
Orientador: Cola, César Pereira
Data do documento: 2-Mai-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esta pesquisa aborda as relações de memória e experiência nos desenhos animados e desenhos infantis de crianças do primeiro ano do primeiro ciclo do Ensino Fundamental. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, do tipo estudo de caso co-partícipe, que privilegia participação ativa dos sujeitos nela envolvidos. Utilizamos a abordagem da Sociologia da Infância, sob o direcionamento teórico dos escritos de Manuel Jacinto Sarmento, para dar voz às crianças, elevando-as à categoria de sujeitos participantes da pesquisa. O foco desta investigação está na produção gráfica infantil, cujo discurso se constrói baseado nas relações de memória e experiência com o meio onde ela vive e atua, nas trocas simbólicas que realiza entre pais e pares e no acesso aos produtos da mídia televisiva, em especial, os desenhos animados. A base teórica está fundamentada nos conceitos de infância, memória e experiência de Walter Benjamin, cujos desdobramentos tornam possível o diálogo com outros autores como Jeanne Marie Gagnebin e Giorgio Agamben. Quanto ao desenho infantil, trazemos os estudos de César Cola e Rosa Iavelberg, cujas contribuições nos ajudaram a pensar sobre o desenho que a criança produz relacionado ao desenho animado que ela assiste na televisão. Para fazer a mediação entre infância, experiência e memória em Arte Educação, estabelecemos diálogo com Ana Mae Barbosa, e com Analice Dutra Pillar, cujas contribuições relacionadas ao desenho animado enriqueceram nosso trabalho. Estas discussões buscam ampliar nosso conhecimento sobre a forma como a criança concebe seus desenhos, fundamentada nas fontes da mídia audiovisual, das relações com sua referência familiar e com seus pares, constituídas em experiências e memórias visuais.
This research addresses the relationship of memory and experience in cartoons and children’s drawings of children of the first year of the first cycle of elementary school. This is a qualitative research case study of the co-participant, which emphasizes the active participation of the subjects involved. We use the approach of the sociology of childhood, under the direction of the theoretical writings of Manuel Jacinto Sarmento, to give voice to the children, raising them to the category of subjects in the research. The focus of this research is the production of graphics for children, whose speech is constructed based on the relations of memory and experience with the environment where she lives and works in symbolic exchanges that take place between parents and peers and access to products from the television media, particularly the cartoons. The theoretical basis is based on the concepts of childhood, memory and experience according to Walter Benjamin, whose developments make it possible to dialogue with other authors such as Jeanne Marie Gagnebin and Giorgio Agamben. As for the children’s drawing, the studies bring César Cola and Rosa Iavelberg, whose contributions have helped us think about the design that produces the child related to the cartoon she watches on television. To mediate between childhood, experience and memory in Art Education, we establish dialogue with Ana Mae Barbosa and Analice Dutra Pillar whose contributions related to the cartoon enriched our work. These discussions aim to expand our knowledge about how the child conceives his drawings, based on the sources of audiovisual media, with its reference to relations with peers and family, consisting of experiences and visual memories.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2309
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_5980_DISSERTAÇÃO DIANNI 2012.pdf2.83 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.