Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2322
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorOliveira, Ivone Martins de-
dc.date.accessioned2016-08-29T11:11:42Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-29T11:11:42Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/2322-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.rightsopenAcesseng
dc.subjectDepressão em criançaspor
dc.subjectEscolaspor
dc.subjectSaúde escolarpor
dc.subjectServiços de saúde infantilpor
dc.subjectDepression in childreneng
dc.subjectSchooleng
dc.subjectHealtheng
dc.subjectChidren’s health serviceseng
dc.titleO sofrimento infantil: ouvindo crianças no serviço de saúdepor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc37-
dc.subject.br-rjbnDepressão em criançaspor
dc.subject.br-rjbnEscolaspor
dc.subject.br-rjbnSaúde escolarpor
dc.subject.br-rjbnServiços de saúde infantilpor
dcterms.abstractEste trabalho parte, desde 1997, da observação de uma equipe multiprofissional no Ambulatório de Pediatria do Hospital Universitário Cassiano Antonio de Moraes( Hucam). Observa o número crescente de crianças consideradas com dificuldades de aprendizagens e com depressão encaminhadas para atendimento clínico, questionando quem é a criança com diagnóstico de depressão, como se relaciona com a própria família e com a escola, como compreende os acontecimentos que a envolvem. Diante disso, esta pesquisa tem como objetivo analisar como a criança com diagnóstico de depressão compreende e elabora os acontecimentos que vão compondo sua vida em diferentes espaços pelos quais circula, sobretudo no ambiente escolar. Parte de uma visão que entende o homem em uma perspectiva de totalidade, inserido em um dado contexto histórico e cultural e sendo constituído por esse contexto. O estudo busca afastar-se de um modelo medicalizante, que trabalha prioritariamente com fatores biofisiológicos, minimizando a influência de aspectos sociais e históricos na saúde e bem-estar da criança. Para esta pesquisa foi realizado estudo de casos de crianças com diagnóstico de transtorno depressivo, que foram encaminhadas ao Serviço de Saúde pela escola ou por suas famílias. Os sujeitos da pesquisa foram duas crianças com diagnóstico de depressão, na faixa etária de 10 a 12 anos, período próximo à adolescência e considerado de risco em relação à eclosão de transtornos mentais, em algumas teorias. Na análise dos dados dos dois sujeitos, constatou-se a presença de modos de ser complexos, constituições subjetivas marcadas por múltiplos acontecimentos e pela participação de outras pessoas. Compõem a vida dessas crianças aspectos, como: ser filho adotivo, ter sofrido doenças e perdas no ambiente familiar, maus-tratos no ambiente familiar, ter vivenciado nascimento de um irmão mais novo e ter limitação em relação às possibilidades de fazer as próprias escolhas. Embora se possam estabelecer relações com o espaço escolar, nesse contexto, sobressai o ambiente familiar, com suas contradições e também possibilidades no desenvolvimento e expansão na vida dessas crianças. Ressalta-se, neste trabalho, a importância do intercâmbio entre educação e saúde para responder às demandas de garantia de vida e saúde da criança em processo de sofrimento psíquicopor
dcterms.abstractThe paper is based on the observation of a multi professional team in the pediatrics ambulatory, of the University Hospital Cassiano Antonio de Moraes- Hucam, since 1997. We could see the growing number of children considered to have difficulties regarding learning and with depression and who were forwarded to clinics, what questioned us about who is the child with depression diagnosis, how does the child relate with family and school?, how does the child realize the events he/she is involved? Before that, the research aims at analyzing how the children with depression diagnosis realize and elaborate the events that compose their lives in the different space they circulate, especially, in the school environment. From a point of view that sees the man in a perspective of totality, inserted in a certain historical and cultural context and constituted by that context, the study intended to be away of a medicalized model, which works priority with bio physiological factors, minimizing the influence of social and historical aspects in the child’s health and welfare. For the research, a study case was done with children with depressive disorder diagnosis, who have been forwarded to be assisted by health services by the school or their own families. The research subjects were two children with depression diagnosis, 10 and 12 years old, period near teenage and considered to be risky in relation to outbreak and mental disorders, in some theories. When analyzing both subjects data, it was found the presence of complex ways of being, subjective constitutions marked by multiple events and by other people’s participation. The life of these children is composed by aspects, such as: to be an adopted child, illnesses and losses in the family environment, mistreating suffered in the family environment, the birth of a younger sibling and the limitation regarding the possibilities of making their own options. Although it is possible to establish relations with the school space, in this context, the family environment stands out along with its contradictions and possibilities in the development and expansion as well, in the life of these children. The paper highlights the importance of an interchange between education and health in order to respond the demands of life and health guarantee of the child in process of psychic sufferingeng
dcterms.creatorFrizzera, Emília Helena da Silva-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2012-09-28-
dcterms.languageporeng
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqEducaçãopor
dc.publisher.courseMestrado em Educaçãopor
dc.contributor.refereeLabrunie, Claude Emmanuel-
dc.contributor.refereeAndrade, Angela Nobre de-
dc.contributor.refereeDrago, Rogério-
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_6199_EMILIA HELENA DA SILVA FRIZZERA.pdf4.35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.