Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2329
Título: As percepções de professores videntes sobre ser (sendo) aluno deficiente visual cego: uma análise de inspiração fenomenológica existencial-hermenêutica
Autor(es): Nascimento, Cláudia Castro de Carvalho
Orientador: Pinel, Hiran
Palavras-chave: Fenomenologia existencial-hermenêutica
Professor
Data do documento: 20-Dez-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo descrever e analisar as percepções de professores videntes da educação básica, técnica e tecnológica quando envolvidos existencialmente em experiência vivencial, psicopedagógica, de sentir-se como aluno deficiente visual cego-com experiência visual anterior - em sala de aula do Ifes - Campus de Alegre. Configurada como pesquisa de abordagem qualitativa, seu olhar investigativo está sobre o contexto de sala de aula, orientada pelo método de inspiração fenomenológica existencial-hermenêutica, auxiliada pelos autores Forghieri, Bicudo, Ribeiro Junior, Rezende, Coltro , Pinel e Masini. O trabalho consubstancia-se na constituição do ser professor(a) de educação básica, técnica e tecnológica em diálogo com a história da profissão docente, orientada pela busca de uma identidade, por aquilo que lhe falta, uma completude no/do deficiente visual cego, enriquecida pela história, concepções e peculiaridades desse ser; um texto constituído por teóricos como Woodward, Farias, Gambini, Hall, Pimenta, Araújo, Paiva, Cordeiro, Madalena Freire , Franco e Dias, Rocha, Silva, Amiralian, Carvalho e Silva, e Smith dentre outros. O processo investigativo se dá pela via das descrições das vivências, da significação dos sentidos e pela análise da estrutura do fenômeno , um exercício de interpretação hermenêutica. Constitui-se como resultado de pesquisa, firmada na compreensão/interpretação sobre as unidades de significado, que ser(sendo) aluno cego na sala de aula do IfesCampus de Alegre é ser sujeito a outras pessoas e ao espaço pela desconsideração na relação do saber. Pelo conhecimento que lhe vem à consciência, a autora da pesquisa, através de uma linguagem descritiva, apresenta nova compreensão a partir de uma reflexão crítica sobre o fenômeno, apoiada referencialmente em Paulo Freire e subsidiada pelos autores Batalloso, Bastos, Rogers, Trombetta e Trombetta, Ribeiro Júnior, Osowski, Paludo e Gadotti. Conclui-se que o professor na relação dialógica com o saber tem a capacidade e poder, havendo humildade, de libertar-se e de libertar gerações oprimidas, assumindo a posição de sujeitos conscientes de sua história, conhecedores de seus próprios limites no processo histórico-social, no entanto, diferentes no pensar, sensíveis à humanidade de seus alunos, provocados a testemunhar de si mesmos e de lutar pela conquista e libertação de todos.
This research aims describing and analyzing the teacher‟s perceptions, seers, from the basic education, technical and technological when existentially involved in living experience, psychopedagogical, feeling as blind visual impaired student, [with previous visual experience], in classroom of the Ifes – Campus Alegre. It was set up as a research with qualitative approach, its investigative look is on the classroom context, oriented by the method of existential-hermeneutic phenomenological inspiration, aided by the authors Forghieri, Bicudo, Ribeiro Junior, Rezende, Coltro, Pinel and Masini. The work embodied the constitution of the basic education, technical and technological‟s teacher in dialogue with the story of the teaching profession, oriented by the search of an identity, by what is lacking, a completeness in/of blind visually impaired, enriched by the story, conceptions and peculiarities of this being, a text constituted by scholars as Woodward, Farias, Gambini, Hall, Pimenta, Araújo, Paiva, Cordeiro, Madalena Freire , Franco & Dias, Rocha, Silva, Amiralian, Carvalho & Silva, and Smith among others. The investigative process is by descriptions of the experiences, the significance of the senses and by the structure analysis of the phenomenon, an exercise of the hermeneutic interpretation. It was constituted as results of the research, based on understanding/interpretation about meaning units, that be (being) blind student at classroom at Ifes – Campus Alegre is being subjected to other people and to the space by ignoring the relation of knowing. By the knowledge that comes to consciousness, the author of the research, through a descriptive language , presents new insights from a critical reflection on the phenomenon, referentially supported in Paulo Freire and subsidized by the authors Batalloso, Bastos, Rogers, Trombetta & Trombetta, Ribeiro Júnior, Osowski, Paludo & Gadotti. It was concluded that the teacher in dialogic relation to knowledge has the ability and power, with humility, to free themselves and liberate oppressed generations, assuming the position of subjects aware of their history, know their own limits in the historical-social process, however different in thinking, sensitive to the humanity of his students, caused to testify of themselves and to fight for the conquest and liberation of all.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2329
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_6253_CLÁUDIA CASTRO DE CARVALHO.pdf1.03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.