Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2353
Título: Práticas de leitura em turmas de quarta série do ensino fundamental em escolas da Prefeitura Municipal da Serra-ES
Autor(es): NADAI, G. S.
Orientador: SCHWARTZ, C. M.
Palavras-chave: Leitura
Práticas de leitura
Ensino FundamentalSerra/ES
Data do documento: 25-Mar-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: NADAI, G. S., Práticas de leitura em turmas de quarta série do ensino fundamental em escolas da Prefeitura Municipal da Serra-ES
Resumo: Este trabalho integra os estudos da linha de pesquisa Educação e Linguagens do Programa de Pós Graduação da Universidade Federal do Espírito Santo. Teve por objetivo analisar práticas de leitura em turmas de quarta série/quinto ano do Ensino Fundamental do Sistema Público Municipal de Ensino da Serra, ES, tema esse que teve estreita relação com inquietações advindas da prática profissional e pessoal da pesquisadora. Com base nos pressupostos teóricos de Roger Chartier e nas noções conceituais de apropriação, representação e práticas, buscou identificar concepções de leitura, modos de ler, finalidades, tempos, espaços e suportes de leitura que configuram práticas leitoras no âmbito escolar. Para isso, adotou a opção metodológica de estudo de caso de cunho comparativo, pois vivenciou o cotidiano da sala de aula de turmas inseridas em escolas com desempenho IDEB diferenciados, e utilizou o recurso da observação participante em sala de aula como principal estratégia de coleta de dados. Ainda, fez uso de entrevistas com os sujeitos envolvidos na investigação (alunos, profissionais da escola, pais) e também de análise de documentos e fotografias para constituir o corpus da pesquisa. As análises dos dados foram organizadas a partir das modalidades de leitura mais presentes nas escolas (leitura silenciosa e leitura em voz alta), de modo a evidenciar apropriações, representações e práticas inerentes a esses modos de ler na escola. Constata-se que práticas leitoras nas escolas, independentemente de desempenho IDEB diferenciado, se assemelham, sendo marcadas pelo didatismo escolar, e que o tipo de avaliação que se aplica para aferir nota ao desempenho das crianças nas escolas não dá conta de perceber os intervenientes que constituem esses processos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2353
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_6612_GISELE SANTOS DE NADAI.pdf5.19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.