Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2613
Título: O trabalho em rede na intervenção das assistentes sociais dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia
Autor(es): Prada, Talita
Orientador: Garcia, Maria Lúcia Teixeira
Data do documento: 22-Jun-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O objetivo foi analisar o conceito de redes apropriado na intervenção dos assistentes sociais dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia para evidenciar a matriz teórica que estes conceitos se vinculam e a que interesses (discentes, Instituição, Ministério da Educação) a utilização destes conceitos atendem. Sua relevância está na carência, ou até mesmo a inexistência, de uma perspectiva crítica de análise sobre as redes de políticas sociais e a articulação do debate sobre a rede, a educação e os Institutos Federais. A relevância social da pesquisa está na reflexão, compreensão e problematização da rede de políticas sociais na educação no que diz respeito à educação profissional, em meio às aceleradas mudanças ocorridas com a expansão da Rede Federal de Ensino nos últimos dez anos (2003 2013) passando de cento e quarenta e duas instituições, em 2003, para quinhentos e cinquenta e quatro, previstas até o final de 2014 e que refletem diretamente nas condições de trabalho do assistente social. Foi realizada revisão de literatura, análise documental e pesquisa de campo (aplicação de questionários com 150 assistentes sociais dos Institutos e a realização de entrevistas semi-estruturadas). Os sujeitos foram os assistentes sociais com mais de dois anos de exercício profissional nos Institutos Federais do Brasil. Por se tratar de uma pesquisa de abordagem mista, para análise dos dados utilizamos: a análise de conteúdo (dados qualitativos) e análise estatística descritiva (para os dados quantitativos). Os dados apontam o perfil de um profissional qualificado e que teve sua inserção intensificada nos Institutos a partir de 2009, com a finalidade de executar o Programa Nacional de Assistência Estudantil. A articulação, ainda que pontual, foi colocada como importante para o processo de garantia de direitos. Em relação ao trabalho em rede, entre os profissionais não havia muita clareza da sua definição, por isso o grupo ficou dividido entre os que consideravam e os que não consideravam trabalhar em rede. O conceito rede apropriado na intervenção profissional nos Institutos esteve vinculado principalmente à formulação de Manuel Castels. A rede é considerada como lócus da negociação, da informação, da participação, da corresponsabilização, das relações horizontais e democráticas como se não houvesse conflito, correlação de forças e disputa por projetos antagônicos de sociedade. Apesar disso, a não adoção desta perspectiva e até mesmo a sua crítica foi traçada por muitos profissionais. Concluímos que a adoção do conceito na perspectiva de Castells vem mascarar as condições de barbárie próprias do capitalismo e reflete a falta de uma perspectiva crítico na definição do conceito, mas, que provém da apropriação dos discursos no interior da experiência profissional e não por uma concepção assumida, por meio de um processo reflexivo, no interior da profissão. Esta adoção quando priorizada e pensada na perspectiva da instituição, vem atender principalmente as demandas institucionais e do Ministério da Educação. Quando pensado pelos profissionais, com o enfrentamento das limitações institucionais internas e externas, o intuito é atender as demandas estudantis para possibilitar o acesso aos direitos.
The aim was to analyze the concept of appropriate networks in the intervention of social workers of the Federal Institutes of Education, Science and Technology to evidence the the theorical matrix that these concepts are linked and that the interests (students, Institution, Ministry of Education) the use of these concepts serve. Its relevance is in shortage, or even absence, of a critical perspective of analysis about social policy networks and the joint debate related to the network, education and the Federal Institutes. The social relevance of the research is in the reflection, understanding and questioning of the social policy networks in the education with regard to professional education, meanwhile the rapid changes occurred with the expansion of Federal Education Network over the past decade (2003 - 2013) going from one hundred forty-two institutions in 2003 to five hundred fifty-four, extending up to the end of 2014 and reflect directly on the working conditions of social workers. It was made review in the literature, in the document analysis and also field research (questionnaires with 150 social workers of institutes and conducting semi-structured interviews). The subjects of the study were social workers with more than two years of professional practice in the Federal Institutes of Brazil. Because it is a mixed research approach, the data analysis for the quality data was the content analysis. For the quantity data analysis it was made a descriptive statistics (central tendency measure and variable cross conection). The data show the profile of a qualified professional who had intensified their inclusion in the Institutes from 2009, in order to implement the National Program of Student Assistance and that the hiring social workers will tend to growth within the institution. Despite his operation, mostly likely, be linked to the Student Assistance, a significant insertion in people management and extension projects were identified. The articulation, although punctual, was placed as important for the right insurance process. With regard to the networking among professionals it as was not clear of its definition, so the group was divided between those who believed and those who did not consider to network. The network concept appropriate in the professional intervention in FI's had been linked to positivist theoretical matrix, originated mainly from Manuel Castells and that comes especially for the appropriation of discourses within the professional experience and not an assumed conception through a reflective process in ther profession's interior. Nevertheless, the failure to adopt this perspective and even its criticism has been traced by many professionals. The adoption of the concept when prioritized and thought from the perspective of the institution comes primarily meet the institutional needs and of the Ministry of Education demands such as the execution of the Internship Program, Pronatec, Thousand Women, partnerships with companies, among other programs. When thought by professionals, facing the internal and external institutional constraints, the aim was to meet the student demands for granting access to rights.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2613
Aparece nas coleções:PPGPS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9041_Talita Prada.pdf3.2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.