Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2623
Título: Disparidades e persistência do desemprego regional no Brasil
Autor(es): Tatiana Ferrari
Orientador: BRASIL, G. H.
Palavras-chave: Desemprego regional
Raiz unitária
convergência
Data do documento: 14-Jun-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: Tatiana Ferrari, Disparidades e persistência do desemprego regional no Brasil
Resumo: O estudo teve por objetivo analisar o comportamento das taxas de desemprego regionais no Brasil. Especificamente buscou-se identificar a existência de um processo de convergência e se este é caracterizado como condicional ou incondicional. A principal inovação consiste em estender este tipo de análise para as 27 Unidades da Federação. Utilizando testes de raízes unitárias em painel pode-se fortemente rejeitar a hipótese de presença de raiz unitária, indicando que os choques sobre as taxas de desemprego regionais possuem efeitos transitórios, sendo que a convergência se caracteriza como condicional, o que explica a existência de diferenças estáveis entre os índices de desemprego regionais. As evidências se alinham com a abordagem de equilíbrio ou Teoria Compensatória, tendo como principais explicações para o fenômeno a preferência dos indivíduos por determinados locais. Palavras-chave: Desemprego regional, Raiz unitária, convergência.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2623
Aparece nas coleções:PPGECO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_4304_dissertação_Taiana Ferrari.pdf1.23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.