Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2717
Título: Objetivação do Recurso Extraordinário
Autor(es): ANDRADE, J. A. V.
Orientador: GUIMARAES, J. F.
Data do documento: 27-Mai-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ANDRADE, J. A. V., Objetivação do Recurso Extraordinário
Resumo: O estudo é dedicado à análise do fenômeno de objetivação do recurso extraordinário. Isso porque, no momento atual, verifica-se um nítido movimento de mitigação dos interesses privados envolvidos na lide em prol do interesse público. Nesse sentido, foram introduzidas novidades no Código de Processo Civil, de modo a conferir às decisões judiciais acatamento aos pronunciamentos das Cortes Superiores, máxime dos precedentes constitucionais, garantindo, assim, previsibilidade, reforçando, em última análise, o próprio Estado de Direito. O objetivo da pesquisa é o de enfrentar esses aspectos decorrentes do fenômeno da objetivação do recurso extraordinário, apoiando-se, sobretudo, na função do juiz, desenvolvida na atualidade, comprometido com os direitos fundamentais, o que vai desaguar na justificação substancialista de jurisdição constitucional; assim como, da noção de sistema eclético de exercício do controle de constitucionalidade que induz ao hibridismo do ordenamento jurídico brasileiro vertendo para o nosso Direito elementos que, a princípio, são característicos do sistema do common law. Portanto, assim, resta delineado o trabalho em questão: na primeira parte será abordado o papel do Poder Judiciário conferido no Estado Constitucional de Direito; noutro momento, na segunda parte, tratar-se-á da peculiar formação do Direito Brasileiro mais ligado ao direito estadunidense, no plano constitucional, e no plano legal ao direito românico-germânico; para enfim, na terceira parte, justificar a objetivação do recurso extraordinário nos dias de hoje, segundo a construção teórica aduzida nas partes anteriores. Ou seja, o estado constitucional alicerçado numa jurisdição constitucional substancialista, decorrente do protagonismo do Poder Judiciário, somado ao hibridismo do ordenamento jurídico brasileiro, revela a objetivação do recurso extraordinário, máxime, nas questões trazidas a lume na presente dissertação. Palavras-Chave: Estado Constitucional de Direito Atuação do Poder Judiciário - Controle de Constitucionalidade Jurisdição Constitucional Hibridismo do Ordenamento Jurídico brasileiro Reabilitação do Recurso Extraordinário.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2717
Aparece nas coleções:PPGDIR - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_4973_ALUNO NÃO PERMITIU DIVULGAÇÃO ELETRÔNICA.pdf212.56 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.