Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2813
Título: O processo de sucessão em empresa familiar: levantando véus sobre as relações interpessoais
Autor(es): Moreira, Michelle Oliveira Menezes
Orientador: Behr, Ricardo Roberto
Oliveira, Marilene Olivier Ferreira
Data do documento: 24-Set-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A motivação para a execução deste trabalho foi o interesse pelo tema da gestão empresarial familiar, em especial o processo de sucessão. No Brasil, observa-se que a questão da gestão empresarial familiar é pouco estudada, havendo, mesmo, uma carência de dados sobre o assunto, o que é preocupante, devido ao expressivo número de empresas familiares existentes. O fenômeno da globalização, os avanços tecnológicos sem precedentes e a luta para se firmar num mercado cada vez mais competitivo têm forçado as organizações a promoverem mudanças gerenciais e estruturais para se adaptarem aos novos desafios que vem sendo impostos. Este trabalho teve como objetivo principal, analisar as relações interpessoais (intergeracionais) e suas conseqüências no processo sucessório da empresa familiar. Este estudo caracteriza-se como exploratório descritivo, sendo que a pesquisa realizada foi de caráter qualitativo e com aplicação em um estudo de caso. O principal método utilizado para obtenção de dados foi uma entrevista semi-estruturada, direcionada para os familiares da respectiva empresa pesquisada. Compilados os dados, pode-se identificar que o processo de sucessão caracteriza-se como uma fase complexa para a empresa e para a família, onde as relações interpessoais interferem na escolha do sucessor, promovendo disputas entre os membros da família.
The motivation for the implementation of this work was the interest in the topic of family business management, in particular the process of succession. In Brazil, there is the issue of family business management is poorly studied, there is even a lack of data on the subject, which is worrying because of the large number of existing family businesses. The phenomenon of globalization, unprecedented technological advances and the struggle to establish itself in an increasingly more competitive have forced organizations to promote managerial and structural changes to adapt to new challenges that have been imposed. This study aimed to analyze the interpersonal relationships (intergenerational) and its consequences in the succession of family business. This study is characterized as exploratory and descriptive, and the survey was qualitative, with application in a case study. The main method used to gather data was a semi-structured, directed to the family of their company literature. Compiled data, we can identify that the succession process is characterized as a complex phase for the company and the family, where interpersonal relations influencing the choice of successor, promoting disputes among family members.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2813
Aparece nas coleções:PPGADM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2619_.pdf314.21 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.