Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2989
Título: Fatores biopsicossociais e problemas de desenvolvimento em crianças de um a três anos de idade, nascidas prematuras e com baixo peso
Título(s) alternativo(s): Biopsychosocial factors and developmental problems of children from one to three years old, premature and low birth weight
Autor(es): Silveira, Kelly Ambrósio
Orientador: Enumo, Sônia Regina Fiorim
Palavras-chave: Fatores de risco ao desenvolvimento
Prematuridade
Baixo peso
Data do documento: 11-Mai-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A prematuridade (PT) e o baixo peso ao nascer (BP) são fatores de risco para problemas de desenvolvimento, gerando pesquisas sobre avaliação e intervenção precoce. Esta pesquisa analisou relações entre características do desenvolvimento cognitivo, motor, linguístico e comportamental de crianças PT-BP, com idade entre 1 e 3 anos, e variáveis biopsicossociais. Participaram 40 crianças (divididas em 4 grupos de 10 crianças, do G1 ao G4, com intervalo de 6 meses de idade), nascidas em hospital público, e seus pais. Pela Bayley Scales for Infant and Toddler Development-III (BSID-III), avaliou-se o risco para problemas de desenvolvimento. Os familiares responderam uma escala sobre problemas comportamentais (Child Behavior Checklist CBCL 1½-5 anos), linguagem expressiva (Lista de Avaliação do Vocabulário Expressivo LAVE) e a Entrevista para Identificação de Riscos Biopsicossociais. Analisaram-se também dados de nascimento e do Follow up. Estavam em risco para problemas de desenvolvimento 2,5% da amostra (sobretudo crianças do G1 e G4) e 24,5% tinham risco moderado. Houve baixo desempenho cognitivo em 50% da amostra. A análise de variância mostrou similaridade no desempenho de G3 e G4 em todas as escalas da BDIS-III. G4 apresentou mais resultados anormais no ultrassom transfontanela e maior comprometimento motor. Na linguagem expressiva (LAVE), 90% do G3 e G4 tiveram desempenho abaixo da média. Houve correlação entre condições de nascimento, especialmente PT e BP, e problemas de desenvolvimento. Contudo, os problemas comportamentais, que aumentaram com a idade, apresentaram correlação somente com fatores psicossociais. A baixa associação entre indicadores de risco psicossocial e problemas no desenvolvimento ressalta as possibilidades de ação de mecanismos de proteção e resiliência.
Prematurity (PT) and low birth weight (LBW) are risk factors for developmental problems, generating research on assessment and early intervention. This research analyzed relationships between cognitive, motor, language and behavioral characteristics of children PT-LBW between 1 and 3 years old, and biopsychosocial variables. A sample of 40 children (10 per group, with 6 months of interval), born in public hospitals, and their parents were the participants. The Bayley Scales for Infant and Toddler Development-III (BSID-III) evaluated the risk for developmental problems. Parents responded to scales on behavioral problems (Child Behavior Checklist - CBCL 1½ to 5 years), expressive language (Rescorla Language Development Survey - LDS) and an Interview for the Identification of Biopsychosocial Risks. Data on birth and Follow up were analyzed. Were at risk for developing problems 2.5% of the sample (especially children from G1 and G4) and 24.5% had moderate risk. There was low cognitive performance in 50% of the sample. The analysis of variance showed similarity in the performance of G3 and G4 at all scales BSID-III. G4 had more abnormal cerebral ultrasound results and more severe motor. In expressive language (LAVE), 90% of G3 and G4 were performing low average. There was a correlation between conditions of birth, especially PT and BP, and developmental problems. However, behavioral problems, which increased with age, showed only correlation with psychosocial factors. However, behavioral problems, which increased with age, showed significant correlation only with psychosocial factors. The low association between indicators of risk and problems in the development underscored the possibility of mechanisms of protection and resilience.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2989
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_2479_[Silveira, Kelly 2009] Diss. Prematuros 0-3 anos.pdf17.74 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.