Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3024
Título: Sujeitos em crise: estratégias de intervenção de profissionais em Centro de Atenção Psicossocial - CAPS II
Autor(es): Fontenelle, Aléssia Silva
Orientador: Avellar, Luziane Zacché
Palavras-chave: Atuação profissional
Saúde mental
CAPS
Estratégias de intervenção
Data do documento: 7-Dez-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A presente dissertação teve como objetivo identificar as concepções sobre crise e as estratégias de intervenção utilizadas pelos profissionais que atuam ou atuaram em CAPS II frente a sujeitos em crise, no interior de Pernambuco. Utilizou-se um roteiro semi-estruturado para entrevistar sete profissionais e, na análise dos dados, foi usada a metodologia qualitativa do tipo análise de discurso. Os resultados foram organizados em quatro categorias principais: a primeira trata dos significados e sentidos atribuídos às situações de crise pela equipe multiprofissional, detalhadas em três subcategorias: concepção, antecedentes e motivação para a crise; a segunda diz respeito às estratégias para o cuidado da crise analisadas em quatro subcategorias: Projeto Terapêutico Singular (PTS), inserção da família, insumos e psicofarmacologia e abordagem à família; a terceira trata dos desafios para lidar com a crise decomposta em: equipe, mobilização do profissional, rede e gestão; e, como última categoria, a alta e sua relação com a crise, detalhada em duas subcategorias: alta clínica e alta por abandono e administrativa. Com os resultados desta pesquisa, pretendemos trazer dados para propiciar a reflexão das propostas de intervenção desenvolvidas pelos profissionais de CAPS II, frente a sujeitos em crise e contribuir com o campo de discussão sobre a formação e prática profissional na área de Saúde Mental na região.
This thesis aimed to identify the conceptions of crisis and intervention strategies used by professionals who work or have worked in CAPS II, with individuals in crisis, in the interior of (the state of) Pernambuco. We used a semi-structured itinerary to interview seven professionals, and to analyze the data the qualitative methodological approach to discourse analysis. The results were organized into four main categories: the first deals with the significance and meanings attributed to crisis situations by professional staff, detailed in three subcategories: design, background and motivation for the crisis. The second relates to strategies for the care of the crisis analyzed in four subcategories: Singular Therapeutic Project (TSP), insertion of the family, inputs and psychopharmacology and approach the family; and the third category deals with the challenges to deal with the crisis broken down into: team, professional mobilization, and network management. And, finally, the medical discharge and its relation to the crisis, detailed in two subcategories: medical discharge and discharge for abandon and administrative reasons. With this survey, we intend to bring data to provide a reflection of the proposed intervention developed by CAPS II professionals, for individuals in crisis and contributing to the discussion on the training and professional practice in mental health in the region.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3024
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3631_Dissertacao_Alessia final.pdf5.93 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.