Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3084
Título: Concepções sobre altas habilidades/superdotação e prática docente
Autor(es): Bahiense, Taisa Rodrigues Smarssaro
Orientador: Rossetti, Claudia Broetto
Data do documento: 11-Abr-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A presente pesquisa objetivou explorar as concepções de professores do Ensino Fundamental da rede pública de Vitória - ES sobre altas habilidades/superdotação (AH/SD). Participaram dessa pesquisa 20 professores, docentes de português ou matemática para alunos do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano. Para a coleta de dados, foi utilizado um roteiro de entrevista contendo perguntas sobre a conceituação de AH/SD para os professores e sobre sua formação e prática profissional, e quatro histórias sobre mitos relativos às AH/SD. A coleta de dados se apoiou teoricamente no Método Clínico Piagetiano. Os resultados desta pesquisa apontaram que, de forma geral, há uma queixa por parte dos docentes quanto à sua preparação para lidar com alunos com AH/SD. Os dados ainda evidenciaram que grande parte dos educadores acredita que a habilidade/talento deve existir em algum grau no indivíduo, mas que o meio é importante para o desenvolvimento do potencial dessa pessoa. Também mostraram que, em sua maioria, os docentes defendem que esses alunos necessitam ter um atendimento especial e que a pessoa com AH/SD não precisa dominar todas as matérias do currículo escolar. Por fim, revelaram que os professores têm grande preocupação com a socialização do discente que possui AH/SD. Dessa maneira, espera-se que este trabalho venha a contribuir para o avanço da discussão acerca da temática das AH/SD, ainda escassa hoje em dia, oferecendo subsídios teóricos e metodológicos para embasar o trabalho docente na área.
The present study aimed to explore the conceptions of Elementary School teachers from public in Vitória – ES about high abilities/giftedness (HA/GT). 20 teachers that teach portuguese and mathematic for students from elementary school, from 6th to 9th grade, were the subjects of this research. With the purpose of data collection an interview script containing questions about the conceptualization of HA/GT for teachers and about their education and professional practice, and four stories about myths regarding HA/GT. Data collection was supported theoretically in Piaget's Clinical Method. The results of this research show that, in general, there is a complaint from teachers about their preparedness to deal with students with HA/GT. The data also showed that most of the educators believe that the ability / talent must exist to some degree in the individual, but the environment is important for developing the potential of that person. It also showed that, for the most part, the teachers argue that these students need to have a special service and the person with HA/GT not need to master all subjects in the school curriculum. Finally, revealed that teachers have great concern with the socialization of the student who has HA/GT. Thus, it is expected that this work will contribute to the advancement of the discussion on the theme of HA/GT, still scarce today, offering theoretical and methodological work to support teachers in the area.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3084
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_5627_Taisa R. S. B. - Dissertacao de mestrado.pdf1.43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.