Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3107
Título: Aspectos psicossociais da condição de torcedor de futebol
Título(s) alternativo(s): Psychosocial Aspects of the Condition of Football Fans
Autor(es): Sousa, Daniel Vitor Gomes de
Orientador: Menandro, Paulo Rogério Meira
Coorientador: Andrade, Alexsandro Luiz de
Palavras-chave: Psicologia do Esporte
Avaliação Psicológica
Torcedor de Futebol
Data do documento: 19-Set-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Torcer por um time de futebol é prática conhecida em muitos países. No Brasil constitui fenômeno importante por seu impacto cultural, comercial, e por ser elemento de presença frequente nas relações interpessoais em diversos contextos. Além disso, o futebol, em seus vários aspectos, é assunto privilegiado nos meios de comunicação de massa. Curiosamente, são poucos os estudos disponíveis sobre torcedores e, em sua maior parte, referem-se ao fenômeno da violência por ocasião dos jogos, que está associado a grupos específicos de torcedores. O estudo buscou identificar aspectos que são reconhecidos por torcedores como influências para que tenham se tornado torcedores e para que continuem a agir como tal. Participaram 395 indivíduos, 266 homens (67,3%) e 129 mulheres (32,7%), com idade média de 28,4 anos (DP = 7,81), todos acima dos 18 anos. Predominaram participantes residentes na região sudeste do país (368 93,2%), em sua maior parte torcedores de times de Minas Gerais (Cruzeiro - 29,4% e Atlético - 26,6%). Foram coletados dados sociodemográficos, informações sobre o time preferido, e foi elaborado um instrumento para aferir aspectos reconhecidos pelos participantes como relevantes para a sua prática de torcedor de futebol. Do instrumento original constaram 72 itens a serem respondidos no padrão Likert de 5 pontos (1 Não me caracteriza; 5 Caracteriza-me totalmente) que contemplavam três categorias temáticas amplas: família, meios de comunicação, e outros contextos sociais. O instrumento e o questionário sociodemográfico foram disponibilizados em sítios da internet relacionados ao universo de torcedores de futebol. Os dados foram organizados e analisados usando-se o SPSS - versão 18.0. Foi feita análise fatorial do componentes principais para verificar adequação dos dados e o levantamento dos indicadores de validade fatorial da medida. O índice de precisão dos quatro fatores foi de 0,72, atestando a confiabilidade estatística da Condição de Torcedor de Futebol e a consistência interna da medida na versão com 33 itens. Os fatores Dimensão de Interação Indireta (DII), Dimensão de Interação Direta (DID), Dimensão Mídia Pró-Time (DMPro) e Dimensão Mídia Contra-Time (DMCon), que apresentaram valores de Alfa de Cronbach de, respectivamente, 0,79, 0,89, 0,71 e 0,85, todos considerados satisfatórios. A composição de cada fator e as diferenças entre eles são objeto de discussão, assim como as diferenças nas respostas de homens e mulheres. Os resultados mostram a validade e a sensibilidade da medida de composição da condição de torcedor de futebol desenvolvida.
Cheering for a football team is well known practice in many countries. In Brazil is an important phenomenon for their cultural impact, commercial, and for being part of a frequent presence on interpersonal relations in various contexts. Also, football, in various aspects, is privileged subject in media. Curiously, very few studies are available about the fans and for the most part, refer to the phenomenon of violence during the games, which is associated with specific groups of fans. The study sought to identify aspects that are recognized by fans as influences that have become fans and to continue to act as such. 395 patients, 266 men (67.3%) and 129 women (32.7%) with mean age of 28.4 years (SD = 7.81), all over 18 years old. Predominated participants living in the southeast region of the country (from 368 to 93.2%), mostly supporters of teams of Minas Gerais (Cruzeiro - Atlético and 29.4% - 26.6%). Demographic data were collected, information on the preferred team were collected, and an instrument was developed to measure aspects recognized by participants as relevant to their practice football fan. Original instrument consisted of 72 items to be answered on the standard 5-point Likert (1 - Does not characterize me; 5 - I fully characterized) which looked at three broad thematic categories: family, media, and other social contexts. The instrument and the sociodemographic questionnaire were made available on Internet sites related to the universe of football fans. Data were organized and analyzed it using SPSS - version 18.0. Factorial analysis of principal components was performed to verify the adequacy of the data and survey indicators of factorial validity of the measure. The accuracy rate of the four factors was 0.72, confirming the statistical reliability of Condition Fan Football and the internal consistency of the measure in the version with 33 items. The Dimension of Indirect Interaction (DII), Dimension Direct Interaction (DID), Dimension Media Pro Time (DMPro) and Dimension Media Counter-Time (DMCon) factors, with values of Cronbach's Alpha, respectively, 0.79, 0.89, 0.71 and 0.85, all considered satisfactory. The composition of each factor and the differences between them are the subject of discussion, as well as differences in the responses of men and women. The results show the validity and sensitivity of the measured composition of the condition of football fan developed.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3107
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_6539_Dissertação Final.pdf868.91 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.