Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3146
Título: Amizades interculturais: um estudo com gregos no Espírito Santo
Autor(es): Costa, Lorena Queiroz Merizio
Orientador: Garcia, Agnaldo
Palavras-chave: amizade
cultura
imigração
gregos
adaptação
Data do documento: 5-Jul-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A migração internacional traz mudanças importantes para a vida do ser humano, inclusive em suas amizades. A amizade entre pessoas de nacionalidades distintas pode trazer informações a respeito das características culturais e dos modos de relacionamento peculiar de diferentes povos. Sendo assim, o objetivo da presente pesquisa foi descrever as amizades na história de vida de imigrantes gregos vivendo no Espírito Santo, com outros gregos, brasileiros ou outros estrangeiros, com vistas a compreender as relações entre amizade e cultura, incluindo também amizades interculturais e o papel das amizades no processo de adaptação ou ajustamento à vida no Brasil. Os objetivos específicos foram: descrever o histórico das amizades ao longo da vida no país; o conteúdo dessas amizades, e o papel das mesmas na adaptação dos gregos ao Brasil. Participaram da pesquisa dez imigrantes gregos que vieram para o Brasil com dez anos de idade ou mais, que foram entrevistados. Os resultados indicaram que as amizades fazem parte da história desses imigrantes em um novo país. O significado da amizade inclui amplitude, liberdade, espontaneidade, desinteresse, honestidade, sinceridade, fidelidade, confiança e longevidade. As principais dimensões da amizade foram similaridades e diferenças, proximidade e distância, apoio, reciprocidade e conflito. As relações entre amizade e contexto social ou ambiente sociocultural incluíram receptividade e rejeição, adoção e adaptação, conexão e desconexão, amizade e comunidade no exterior, democracia, família, trabalho e escola. Os resultados foram discutidos à luz da obra de Robert Hinde. Notou-se, que a amizade atua como mediadora da adaptação do estrangeiro ao novo país apesar das suas variações culturais representando não somente uma condição atuante nas diversas tradições, mas permitindo a comunicação entre esses costumes, contribuindo para que imigrantes sintam-se acolhidos no seio cultural da nação que escolheram para viver.
International migration brings important changes to the lives of human beings, including their friendships. The friendship between people of different nationalities can bring information about the cultural characteristics and modes of relationship peculiar to different people. Therefore, the objective of this research was to describe the friendships in the story of Greek immigrants living in the Espírito Santo state, with other Greeks, Brazilians and other foreigners, in order to understand the relationship between friendship and culture, also including intercultural friendships and role friendships in the process of adapting or adjusting to life in Brazil. The specific objectives were to describe the history of friendships after migrating to Brazil, the content of these friendships, and the role of the same adaptation of the Greeks to Brazil. The participants were ten Greek immigrants who came to Brazil with ten years of age or older, who were interviewed. The results indicated that friendships are part of the history of these immigrants in a new country. The meaning of friendship includes amplitude, freedom, spontaneity, selflessness, honesty, sincerity, loyalty, reliability and longevity. The main dimensions of friendship were similarities and differences, proximity and distance, support, reciprocity and conflict. Relations between friendship and social context or sociocultural environment included receptivity and rejection, adoption and adaptation, connection and disconnection, friendship and community abroad, democracy, family, work and school. The results were discussed in light of the work of Robert Hinde. It was noted that the friendship acts as a mediator of adaptation to the new country from abroad - despite their cultural variations - a condition representing not only active in various traditions, but allowing communication between these customs, contributing to immigrants feel welcomed within the cultural nation that chose to live.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3146
Aparece nas coleções:PPGP - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3704_.pdf1.52 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.