Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3300
Título: A morte sob a ótica do mito na constituição de Macondo
Autor(es): Leite, Mariana Marise Fernandes
Orientador: Caser, Maria Mirtis
Data do documento: 27-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Trata-se de uma análise literária do romance Cien Años de Soledad (1967), do escritor colombiano Gabriel García Márquez, tomando como recorte o tema da morte, ou da ideia da morte, abordado sob o viés mítico. O estudo parte da compreensão de que a estrutura de Cien Años de Soledad, por seu caráter circular e suas repetições, apresenta um estreito diálogo com a estrutura dos mitos, o que possibilita que os mitos sejam no romance meio de expressão de múltiplos outros temas, entre os quais está o da morte. O romance trata da trajetória dos Buendía desde sua saída de Rioacha até o que seria o encerramento dessa estirpe em Macondo, cidade idealizada e fundada pelos seus primeiros membros. Partindo disso, tomam-se e entrelaçam-se em análise as trajetórias individuais dos membros dessa família, a trajetória da estirpe num todo e a da cidade de Macondo e são então discutidas saídas míticas encontradas nesses percursos para lidar com a realidade da finitude do indivíduo. Tem destaque neste estudo a possibilidade de regeneração que se apoia no mito do eterno retorno, em contraste com a qual se coloca a crença mítica no destino e a aceitação da morte como fim de todo ser.
This is a literary analysis of the romance Cien Años de Soledad (1967), from the Colombian writer Gabriel García Márquez, that takes as clipping the theme of death, or of the idea of death, approached from the mythical bias. The study starts with the understanding that the main structure of Cien Años de Soledad has the particularity of being circular and presenting repetitions, characteristics that establish a dialogue with the structure of the myths, which enables the myths to be, in the novel, means of expression of multiple other themes, among which is the death theme. The romance is about the trajectory of the Buendía family since their exodus from Rioacha to the ending of this lineage in Macondo, a city idealized and founded by the first members of this family. Starting with this, the individual trajectory of the members of this family, the trajectory of the lineage as a whole and of the town of Macondo are taken and entwined, and mythical outputs are then discussed in these pathways to deal with the reality of the individual finitude. The possibility of the regeneration that is supported by the myth of eternal return in contrast to the mythical belief in destiny and the acceptance of death as the end of all being is highlighted in this study.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3300
Aparece nas coleções:PPGL - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8604_Mariana dissertac?a?o FINAL revisada 24 abril.pdf742.22 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.