Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3302
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorVERMES, V. M.
dc.date.accessioned2016-08-29T14:11:33Z-
dc.date.available2016-07-11
dc.date.available2016-08-29T14:11:33Z-
dc.identifier.citationBORGES, G. C. C., A lírica de Adoniran Barbosa como ponto de encontro do samba e da crônicapor
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/3302-
dc.format.mediumtexten
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleA lírica de Adoniran Barbosa como ponto de encontro do samba e da crônicapor
dc.typemasterThesisen
dcterms.abstractAs composições do sambista paulistano Adoniran Barbosa surgem como manifestações ligadas a uma personalidade que procurou entender a modernidade urbana, fenômeno que se desenrolava em uma metrópole que crescia aceleradamente sobre os escombros de um passado deixado ao esquecimento. Logo, considerando a proximidade da lírica dessas canções com o discurso da crônica, se buscará compreender como capturaram momentos do cotidiano moderno para transformá-los em memória; significando certa resistência em contraponto à amnésia urbana. Palavras Chave: Adoniran Barbosa, Samba, Modernidade Urbana, Crônica, Memóriapor
dcterms.creatorBORGES, G. C. C.
dcterms.issued2015-03-18
dcterms.subjectAdoniran Barbosapor
dcterms.subjectSambapor
dcterms.subjectModernidade Urbanapor
dcterms.subjectCrônicapor
dcterms.subjectMemórpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Letraspor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Letraspor
dc.contributor.refereePEREIRA, S. L.
dc.contributor.refereeCARVALHO, R. N. B.
Aparece nas coleções:PPGL - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_8706_Dissertação de mestrado - Gabriel Caio Correa Borges.pdf1.89 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.