Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3353
Título: MULHER: Entre o Lar e o Status de Professora, uma Questão de Educação
Autor(es): SIQUEIRA, V. S.
Orientador: FRANCO, S. P.
NADER, M. B.
Data do documento: 24-Nov-2008
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SIQUEIRA, V. S., MULHER: Entre o Lar e o Status de Professora, uma Questão de Educação
Resumo: Esse trabalho buscou analisar a questão da educação feminina, destacando a trajetória da mulher na expansão de oportunidades educacionais e sociais da cidade de Vitória, através da profissionalização do magistério representado pela Escola Normal, verificando as mutações ideológicas e sociais processadas no modelo educacional brasileiro e a relação mulher/educação/magistério, na primeira metade do século XX.. Nessa abordagem situamos as relações de gênero num processo de construção sócio-histórica, enfocando essa relação num quadro de representações e valores tradicionais que permaneceram presentes na sociedade brasileira ao longo do processo do desenvolvimento nacional. Na perspectiva dessas questões enfocamos a educação na sociedade brasileira partindo da conjuntura e do ideário colonial, seguido pelo período monárquico, situando a relação mulher/educação e a busca pela visibilidade feminina no processo de mudanças que se processaram até a República. Abordamos a educação republicana num quadro de mudanças entre o conservadorismo e o ideal nacionalista, positivista e a luta pela alfabetização. As Escolas Normais, seu ideário, sua função e a formação das professoras configuram as referências maiores nessa analise, onde situamos o magistério enquanto identidade profissional feminina construída no século XX. Os entrelaçamentos entre a igreja e a família enquanto agentes disciplinadores e controladores da conduta feminina vão direcionar a mulher para uma condição de esposa e mãe, criando as bases para a profissão de professora. Nesse quadro traçamos considerações sobre a visão da normalista no contexto da sociedade capixaba, sua formação na Escola Norma de Vitória e as possibilidades do salto qualitativo do lar para o status de professora. Palavras Chaves: Educação, Sociedade, Gênero, Mulher, Profissionalização
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3353
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_3204_Vilma_da_Silva_Siqueira_0.pdf5.61 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.