Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3363
Título: Formação Metropolitana : a Grande Vitória (1995-2005)
Autor(es): ALMEIDA, R. C. B.
Orientador: SIQUEIRA, M. P. S.
Data do documento: 23-Jun-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ALMEIDA, R. C. B., Formação Metropolitana : a Grande Vitória (1995-2005)
Resumo: A presente dissertação tem como tema formação metropolitana tomando a região da Grande Vitória - ES - como estudo de caso. O objeto de estudo conforma-se na trajetória histórica da realidade metropolitana capixaba, sua institucionalização e as questões decorrentes. Sendo assim, a pesquisa leva em consideração a lógica da modernização econômica do Estado do Espírito Santo e as suas conseqüências. A pesquisa analisa o contexto de formação de cidades, em particular o processo de metropolização, com as especificidades que cabem. O período abrangido é o que vai de 1995, data da institucionalização da Região Metropolitana da Grande Vitória até 2005. A análise buscou especificar as origens e delimitar o processo de evolução da formação metropolitana da Grande Vitória, além de registrar a realidade atual da região, no que concerne aos aspectos de consolidação da modernidade. A pesquisa se justifica pela insuficiência de historiografia local no que dizia respeito à formação metropolitana da Grande Vitória que sem constituição legal até a década de 90, definia-se como uma vasta extensão urbanizada, capaz de combinar crescimento com desigualdade e ainda promover uma concentração espacial da pobreza. Palavras Chaves: cidades, urbanização, formação metropolitana, modernidade
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3363
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_3264_Rita_de_Cássia_Barcellos_Almeida_Vidal.pdf1.5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.