Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3367
Título: A guerrilha amordaçada: a ANL na imprensa (1969-1974)
Autor(es): LIBARDI, A. P. S.
Orientador: CAMPOS, A. P.
Data do documento: 8-Mai-2007
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: LIBARDI, A. P. S., A guerrilha amordaçada: a ANL na imprensa (1969-1974)
Resumo: Nesta dissertação tratamos do Regime Militar que foi instaurado por meio de um golpe em 1o de abril de 1964. Marcado pelo autoritarismo, pela supressão dos direitos constitucionais, pela perseguição política, prisão e tortura dos opositores e pela censura prévia aos meios de comunicação. Esclarecemos mais atentamente, o governo do General Emílio Garrastazu Médici (1969-1974) onde houve grande embate entre governo militar e as esquerdas armadas. Duelo esse que poderíamos classificá-lo de Davi e Golias. O governo militar agiu de tal forma que a eficácia do aparelho repressivo era impressionante, nunca se prendeu e torturou tanto. Sendo assim, analisamos uma das principais forças de oposição, conhecida nessa época, como dissidências armadas. Tendo como foco principal à dissidência liderada por Carlos Marighella a ALN (Ação Libertadora Nacional) que conseguiu obter um número significativo de adeptos, e por diversas vezes realizou operações vitoriosas contra os militares, conseguindo alcançar até mesmo uma certa popularidade com os seqüestros de embaixadores estrangeiros, mas não obteve o êxito esperado devido, principalmente, o eficiente aparato repressivo. O objeto deste estudo é a grande imprensa no período, no que se refere a sua cobertura jornalística dos acontecimentos, aqui representada pelo jornal O Globo, Jornal do Brasil e a revista Veja, portanto nossas fontes de pesquisa. Cada um ofereceu a sua versão dos acontecimentos. A censura agiu de forma brutal, principalmente, contra aqueles que não eram adeptos ao regime imposto. Mas, este não fora o único motivo para uma versão contraditória, a até mesmo equivocada sobre a esquerda. Neste trabalho poderemos constatar essas e outras afirmações, que nos ajudam a entender melhor um período conturbado, repressivo e ditatorial. Palavras-chave: Guerrilha ALN - autoritarismo Imprensa Censura.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3367
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_3297_Ana_Paula_de_Souza_Libardi.pdf1.47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.