Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3396
Título: Espírito Santo, um estado "satélite" na primeira república : de Moniz Freire a Jerônimo Monteiro (1892-1912)
Autor(es): Sueth, José Candido Rifan
Orientador: Franco, Sebastião Pimentel
Data do documento: 3-Dez-2004
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esse estudo de história regional fornece subsídios para o entendimento da hegemonia de alguns estados brasileiros e a exclusão do Espírito Santo, num período tão importante para a história política brasileira, como foi o da Primeira República. A gênese da heteronomia capixaba é aí analisada em função de como foi aplicado no Brasil o federalismo norte-americano, fundamento da política dos governadores e da hegemonia de alguns estados sobre unidades da Federação consideradas secundárias. O recorte cronológico abrange as administrações estaduais desde 1892 a 1912, englobando especialmente dois presidentes de estado, José de Carvalho Moniz Freire e Jerônimo de Souza Monteiro que, embora tenham imprimido ao governo orientações políticas diferentes, mantiveram a característica “satélite” do estado do Espírito Santo diante da Federação. Essa análise de documentos oficiais, como mensagens e discursos, é fundamentada na concepção weberiana do poder e, sem ter a finalidade de utilizar a História como “mestra da vida”, talvez ofereça algum suporte para observações sobre o Espírito Santo no século XXI, contribuindo desse modo com a nova história política que vem caracterizando certas áreas da historiografia.
This study about regional history gives support to understand hegemony of some Brazilian states and exclusion of Espirito Santo, within the First Republic period, a very important phase of political Brazilian history. Genesis of Capixaba heteronomy is analysed in the light of an original interpretation of North American federalism in Brazil, which has played an important part in so called governors policy, as well as in hegemony of some Brazilian states upon federation unities considered secondaries. The chronological time line covers Espírito Santo’s state governments from 1892 to 1912, reaching specially two state governors, José de Carvalho Moniz Freire and Jeronimo de Souza Monteiro that, in spite of differentiate political guide-lines, kept the “satellite” character of Espirito Santo state before Federation. This analysis of documents, as official Messages and Addresses, is based on weberian conception about power and, in spite of not having the goal of using History as “teacher of life”, maybe offers some fundament to notices about Espirito Santo within the 21st century, giving therefore a contribution to a new political history which now characterizes some areas of historiography.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3396
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3397_José_Cândido_Rifan_Sueth.pdf418.8 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.