Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3399
Título: O Levante dos invisíveis da História o Movimento Indígena no Equador na Década de 1990
Autor(es): Sousa, Adilson Amorim de
Orientador: GIL, Antonio C. A.
Data do documento: 12-Abr-2006
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SOUZA, A. A., O Levante dos invisíveis da História o Movimento Indígena no Equador na Década de 1990
Resumo: Ao longo das últimas décadas, dentre as diversas manifestações dos movimentos sociais, verificadas em vários países da América Latina, destaque especial deve ser conferido àquelas ocorridas no campo, particularmente às conduzidas pelas organizações indígenas, que têm assumido importante papel na luta por um modelo alternativo de rganização social e política, pautado no respeito aos diferentes padrões e valores culturais. Especificamente, este trabalho, objetiva compreender as novas feições assumidas pelo movimento indígena no Equador, na década de 1990, a partir da unificação das suas diversas organizações na Confederação de Nacionalidades Indígena do Equador (Conaie), atualmente, a mais expressiva entidade de resistência popular frente ao padrão político e econômico implantado pelo Estado através da disseminação das doutrinas neoliberais. Trata-se, pois, de identificar as matrizes norteadoras de tal organização, suas formas de mobilização e sua estratégia de atuação. Discute-se, ainda, as práticas políticas do movimento indígena, sua inserção junto aos diversos setores sociais, as relações estabelecidas com o Estado equatoriano, bem como as suas propostas de reestruturação política e econômica para o país. Este estudo permiti-nos caracterizar a Conaie, a partir da sua expressão ideológica e estratégia de ação, como portador da fusão dos postulados étnicos-culturais com os fatores populares-classitas,posição que tem permitido, ao movimento indígena, o estabelecimento de alianças com outros setores, com os quais compartem problemas comuns, possibilitando, assim, a sua emergência, na atualidade, como o principal agente social e político do país. Palavras-chave: Movimentos sociais. Indígenas. Conaie. Neoliberalismo. Estado. Equador. Identidade étnica.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3399
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_3400_Adilson_Amorim_de_Sousa.pdf914.44 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.