Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3409
Título: Mídia, ditadura e contra-hegemonia : a ação do jornal Posição no Espírito Santo
Autor(es): Resende, Lino Geraldo
Orientador: Rodrigues, Márcia Barros Ferreira
Data do documento: 12-Mai-2006
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: No período em que circulou, de 1976 a 1979, graças à sua integração aos movimentos sociais e ao trabalho de intelectuais orgânicos, o jornal Posição, do Espírito Santo, exerceu um papel contra-hegemônico, ajudando na desconstrução do discurso do regime, se contrapondo às diretrizes da Doutrina de Segurança Nacional e difundindo uma nova ideologia, a democracia. O jornal, sustentado pelos seus leitores, era distribuído na Grande Vitória, região metropolitana mais populosa do Estado, e em mais 18 municípios, levando uma visão crítica da realidade estadual, não abordada pela mídia tradicional, alinhada ao regime e controlada com o exercício da censura oficial ou da autocensura. A pesquisa discute a questão da contra-hegemonia, dos intelectuais orgânicos, a partir dos conceitos de Antonio Gramsci, usa ferramentas da análise do discurso e mostra como a ideologia é matriz para o trabalho hegemônico e contra-hegemônico.
Between the years of 1976 and 1979, in the state of Espirito Santo, Brazil, one newspaper, called Posição (Stand), with your integration with the social movements and because the work of organics intellectuals, In this period, with the integration with the socials movements and the work of organics intellectuals, Posição had an important antihegemonic role, helping to build another hegemonic discourse, against the dominant discourse, maintained by the military regime who had the power and embraced the Government of Brazil for 20 long years. Posição struggled against the National Security Doctrine and publicized an new ideology, based in democracy. The independent newspaper., maintained by its readers, was distributed in the greater Vitoria, the most populated metropolitan region in the Espírito Santo state, and in 18 other counties. In each edition, Posição had a critical approach of the state reality in counterpoint of the so called great media, who were controlled by government through censorship and economic pressure. This paper is about the anti-hegemonic question, organics intellectuals and works with Antonio Gramsci´s concepts, uses analysis of the discourse tools and shows how ideology is the matrix of the hegemonic and anti-hegemonic work.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3409
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3410_Lino_Geraldo_Resende.pdf3.86 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.