Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3418
Título: Embratel, história e cultura : efeitos da política nacional de telecomunicações no desenvolvimento socieconômico do Espírito Santo (1980-1989)
Autor(es): Felipe, José Mauriene Araújo
Orientador: Rodrigues, Márcia Barros Ferreira
Data do documento: 8-Jun-2005
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Investiga-se a história e a cultura organizacional da Empresa Brasileira de Telecomunicações – EMBRATEL, por meio de uma análise dos efeitos da política nacional de telecomunicações no desenvolvimento socioeconômico do Espírito Santo. O Recorte temporal para a construção da pesquisa é a década de 1980, que demarcou o fim do regime militar e o retorno lento e dramático da democracia, no ano de 1985. Enquanto empresa pública, a EMBRATEL foi o resultado de um projeto idealizado pelos militares da Escola Superior de Guerra – ESG, que criaram A Doutrina da Segurança Nacional, de inspiração norte–americana, fundamental para a implantação do Sistema Nacional de Telecomunicações – SNT. O propósito era integrar todo o território nacional, garantir a segurança e promover a industrialização e modernização do Brasil, sob a égide do regime ditatorial militar (1964-1985). A pesquisa está dividida em três capítulos, que se articulam do seguinte modo: Capítulo I – A EMBRATEL e A Ideologia Desenvolvimentista de Integração e Segurança Nacional; Capítulo II – Cultura Organizacional da EMBRATEL: Estudo Sobre a Formação Identitária do Sujeito “Embratelino”; Capítulo III – As Telecomunicações no Processo de Integração e Modernização Socioeconômica do Espírito Santo (1980 – 1989). O Levantamento de dados é baseado na análise de documentos da EMBRATEL, tais como manuais, estatutos e jornais. Entrevistaram-se oito ex–empregados da empresa, cujos depoimentos foram transcritos e transformados em documentos. Também se utilizaram livros e relatórios sobre o desempenho da estatal, durante a década de 1980. Demonstra-se que a cultura organizacional “embratelina”, baseada na rígida disciplina do regime ditatorial militar, foi, paradoxalmente, fundamental para o sucesso da empresa, que se tornou em uma das maiores do mundo, no setor de telecomunicações. A sua atuação no Espírito Santo foi da maior importância. Durante a década de 1980, a EMBRATEL integrou todo o território capixaba, através da implantação de equipamentos modernos em telecomunicações, os quais facilitaram o desenvolvimento socioeconômico do Estado. O Espírito Santo foi, assim, modernizado e integrado á Região Sudeste, ao Brasil e ao mundo.
It investigates the history and organizational culture of the Brazilian Company of Telecommunications (EMBRATEL). So we analyze the impacts of national policy of telecommunications for the social and economical development of Espírito Santo State. The decade of 1980 is taken as the guidance for making this thesis because of the importance of the period which marks the finish of the military regime and the return of a slow and dramatic democracy process. As a Company of Brazilian Government, EMBRATEL was created by the military Escola Superior de Guerra – ESG, where the Doctrine of National Security, based on the Doctrine of National War College of Washington-USA, was born. It is recognized that the ESG ideology was fundamental as an instrument of orientation for installing the National System of Telecommunications (SNT) in a short time, so that the integration of the large Brazilian hinterlands was its target. Behind that target strategy there was the purpose for assuring the national security, and promoting industrialization and modernization of Brazil under the military regime domination (period: 1964-1985). This Thesis is according to the following subject matters: Chapter I – EMBRATEL and The Development Ideology of National Integration and Security; Chapter II – Organizational Culture of EMBRATEL: Study on “Embratelino” Identity Construction; Chapter III – Telecommunications in The Social and Economical Process of Integration and Modernization of Espírito Santo State (1980-1989). The data collect is based on EMBRATEL documents analysis. Eight ex-employees of the state Company were interviewed so that their testimonies were submitted to a very detailed transcription, and transformed into eight historical documents. Specific books and annual reports of EMBRATEL performance during the 1980s were taken into consideration. It is corroborated that the “embratelina” organizational culture, risen from the radical and dictatorial military discipline, was – in a way of a paradox – fundamental for its success. It made EMBRATEL becomes one of the greatest worldwide companies of telecommunications. Its performance was recognized as relevant to integrate the Espírito Santo hinterlands. The EMBRATEL modern technological equipments installation contributed to the process of socioeconomic development of Espírito Santo State, which was definitively modernized, and integrated into Brazilian and world economy.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3418
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3428_José_Mauriene_Araújo_Felipe.pdf1.23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.