Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3432
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorBENTIVOGLIO, J. C.
dc.date.accessioned2016-08-29T14:11:59Z-
dc.date.available2016-07-11
dc.date.available2016-08-29T14:11:59Z-
dc.identifier.citationMENDES, E. C., A Teologia Política de João Calvino (1509-1564) na Institutas da Religião Cristã (1536)por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/3432-
dc.format.mediumtexten
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleA Teologia Política de João Calvino (1509-1564) na Institutas da Religião Cristã (1536)por
dc.typemasterThesisen
dcterms.abstractEsta pesquisa pretende analisar a natureza da teologia política de João Calvino (1509-1564) em sua obra As Institutas da Religião Cristã (1536) especialmente no capítulo no qual ele trata da administração pública. Calvino escreveu uma teologia política que legitimou a causa protestante em Genebra a partir de argumentos teológicos e hermenêutica bíblica. Ele pensou, interpretou e construiu uma teoria política segundo a perspectiva do grupo social do qual era membro, buscando estabelecer novos modos de organização, relações sociais e de poder, pretendidas para a nova sociedade protestante. Neste sentido, os escritos de João Calvino são marcados pelas apreensões cristãs reformadas de sua realidade. Neles, João Calvino apresentou a maneira como interpretou, pensou, construiu e deu a ler este poder em Genebra. Sua teologia e classificações produziram sentido, hierarquias, identidades e relações de poder. Ele concebeu o mundo a partir de seus pressupostos bíblicos e segundo os interesses do protestantismo que estiveram relacionados ao desejo de universalização e difusão dos valores e da ética reformada. A pesquisa busca traçar as influências históricas, filosóficas e humanísticas que influenciaram o pensamento de Calvino. A pesquisa também analisa seus princípios teológicos, antropológicos, hermenêuticos e sociais; e por fim, expõe e discute os conceitos políticos postos no capítulo político das Institutas, tais como, resistência ao governo tirano, formas de governo e organização política. Palavras-chave: João Calvino teologia política - Institutas teoria da resistênciapor
dcterms.creatorMENDES, E. C.
dcterms.issued2009-07-28
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Históriapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Históriapor
dc.contributor.refereeCOSTA, Ricardo da
dc.contributor.refereeSANTOS, F. M.
dc.contributor.refereeKROHLING, A.
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_3482_Eber_da_Cunha_Mendes.pdf684.81 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.