Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3433
Título: O Sertão Vai Virar Gente:sertão e Identidade Nacional em Afonso Arinos
Autor(es): GABURO, V. R. P.
Orientador: SANTOS, F. M.
Data do documento: 15-Out-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: GABURO, V. R. P., O Sertão Vai Virar Gente:sertão e Identidade Nacional em Afonso Arinos
Resumo: Discute a literatura regionalista do final do século XIX e início do século XX no Brasil e a representação do sertanejo como autêntico brasileiro. Identifica Afonso Arinos de Melo Franco como um dos principais autores da literatura regionalista e o insere na perspectiva de construção da nação alicerçada na valorização da cultura e do modo de vida sertanejos, entendendo a Guerra de Canudos, retratada em Os Jagunços, como um importante marco de recuperação, tornando-se obra importante para a compreensão do pensamento do autor. Defensor da monarquia e crítico da República, Arinos se distingue de seus contemporâneos monarquistas no que se refere ao sertanejo, recusando a identificação da região com a barbárie. O sertanejo necessitaria ser incorporado ao projeto nacional encabeçado pelos intelectuais, e não exterminado como a República fez em Canudos, pois formaria uma cultura rústica, que se manteve alheia às influências culturais externas presentes nas grandes cidades, tornando-se o elo da identidade nacional. Palavras-chave: literatura regionalista. Sertanejo. Sertão. Identidade nacional. Nação. Canudos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3433
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_3525_Vanderson_Roberto_Pedruzzi_Gaburo.pdf663.52 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.