Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3436
Título: A construção da imagem do Imperador Valente na obra de Sócrates Escolástico
Autor(es): Marques, José Renato da Silva
Orientador: Feldman, Sérgio Alberto
Data do documento: 4-Nov-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Sócrates Escolástico foi um dos historiadores da Igreja que viveu e produziu no início do século V d.C. Em sua obra, História da Igreja, descreveu a evolução dessa instituição tendo como eixo cronológico o governo dos Imperadores Romanos. Referindo-se a um contexto de formação da basileia, a realeza sagrada romanobizantina, que demandava atributos específicos dos Imperadores, emitiu opiniões sobre o desempenho desses. Sobre alguns escreveu de forma benevolente e laudatória, porém sobre outros fez severas críticas, como se não estivessem à altura do cargo que, por delegação divina, exerciam, atribuindo-lhes inclusive a responsabilidade pelas catástrofes naturais, por invasões de povos bárbaros e pelas tentativas de usurpação do trono que, de quando em vez, assolavam o Império Romano. Com seus comentários ajudou a construir uma representação negativa dos adversários do que ele considerava como ortodoxia, bem como a estigmatizar a imagem de Valente, Imperador da parte oriental do Império Romano de 364 até 378 d.C., uma vez que esse Imperador, cristão da seita ariana, portanto herege, perseguiu, por vezes com extrema violência, os cristãos nicenos, facção que predominou como ortodoxa, a qual, Sócrates Escolástico apoiava.
Socrates Scholasticus was one of the historians of the Church who lived and produced in the early fifth century AD. In his book, History of the Church, described the evolution of this institution as a chronological axis within the government of the Roman emperors. Referring to a background of creation of basilea, the sacred kingship RomanByzantine, which demanded specific attributes of the emperors, issued opinions on the performance of these. Wrote about some Emperors in a benevolent and praiseworthy way, but on others made severe criticism, as if they were not up to the job that, by divine delegation, exercised, including giving them the responsibility for natural disasters, invasions by barbarians and by attempts usurpation of the throne, from time to time ravaged the Roman Empire. With his comments helped to build a negative representation of the opponents of what he saw as orthodoxy, and to disparage the image of Valens, emperor of the eastern part of the Roman Empire between 364 and 378 A.D., since the emperor, Christian Arian sect heretic therefore, he pursued, sometimes with extreme violence, the Christian Nicene believers that prevailed as orthodox, which Socrates Scholasticus extremely supported.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3436
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3529_José_Renato_da_Silva_Marques.pdf430.92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.