Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3439
Título: Sanatório Getúlio Vargas : medicina e relações sociais no combate da tuberculose no Espírito Santo (1942-1967)
Autor(es): Rios, Maria Zilma
Orientador: Franco, Sebastião Pimentel
Data do documento: 16-Dez-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A presente Dissertação – SANATÓRIO GETÚLIO VARGAS: medicina e relações sociais no combate da tuberculose no Espírito Santo (1942-1967) –, tem por finalidade apresentar um estudo sobre a trajetória do Sanatório Getúlio Vargas e sua importância no combate a tuberculose para o Estado do Espírito Santo. Confrontando informações obtidas em fontes escritas, orais e iconográficas com a bibliografia sobre a história da saúde do Brasil, foi possível desenvolver uma pesquisa qualitativa tendo como principal objeto a própria história do Sanatório Getúlio Vargas. A pesquisa proporcionou o conhecimento do cotidiano de pacientes tuberculosos e profissionais da área da saúde que figuraram entre os anos de 1942 a 1967, período de construção e funcionamento do Sanatório. Através do estabelecimento de relações sociais dentro do espaço físico que foi estabelecido a rede hospitalar de combate a tuberculose, em Vitória, se formou uma sociedade sanatorial, auto-suficiente em diversos aspectos e, em certa medida, isolada do restante da sociedade. A partir dessa identificação, o trabalho foi desenvolvido tendo como escopo a tuberculose e seu combate, sendo indispensável a análise das políticas públicas voltadas para a área da saúde e intensificadas com a chegada da década de 1930.
The present work – SANATORIUM GETÚLIO VARGAS: medicine and social relations in the combat of the tuberculosis in Espirito Santo State (1942-1967) -, has the purpose of presenting a study on the trajectory of the Sanatorium Getúlio Vargas and its importance in the combat of the tuberculosis for the State of Espirito Santo. According to data collected through written records, interviews and iconographic sources which were compared to the bibliography about the history of the health in Brazil, it was possible to develop a qualitative research which main object is the Sanatorium Getúlio Vargas itself. The research provided the knowledge of the daily routine of patients with tuberculosis and health professionals who were responsible for this area between the years of 1942 and 1967 (period of the construction and functioning of the Sanatorium). Through the establishment of social relations inside the physical space where the hospital net of combat of the tuberculosis in Vitória was established, a senatorial and self-sufficient society was formed in several aspects and, in a certain way, isolated from the rest of the society. From this identification on, the work was developed and the target was the tuberculosis and its combat, being indispensable the analysis of public politics toward the health and intensified with the arrival of the 1930 decade.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3439
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3566_Maria_Zilma_Rios.pdf12.48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.