Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3445
Título: Idealização do masculino e do feminino a partir dos processos de crimes passionais na cidade de Vitória (1890-1930)
Autor(es): Pádua, Silvia Amaral Pimenta de
Orientador: Franco, Sebastião Pimentel
Data do documento: 6-Mai-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este trabalho é o resultado de uma investigação do processo histórico sobre o masculino e o feminino, na cidade de Vitória e entorno, durante a Primeira República Brasileira (1890-1930), no Estado do Espírito Santo. Foram analisadas as idealizações dos papéis sociais do homem e da mulher, por meio de processos judiciais de crimes passionais, contemplando-se entendimentos de juízes, depoimentos de envolvidos e de testemunhas. Os resultados apontam que a violência de gênero e a sua legitimação têm como importantes contribuintes a natureza da relação de poder e de reafirmação que marcavam a estrutura hierárquica capixaba. A partir de um elenco de princípios considerados positivos e negativos, desenharam-se representações sociais de condutas aceitáveis e nãoaceitáveis que orientavam as práticas sociais dos sujeitos. A Justiça, em alguns processos, apresentou-se imparcial, relativizando a sua conduta quando de sentenças que poderiam ferir valores considerados cruciais ao tempo. Por fim, buscou-se contribuir ao resgate da história local, contextualizando-a no âmbito da nacional; destacando-se a importância da cidade de Vitória como núcleo político, econômico e cultural do Estado.
This work is a result of an investigation examining the differences between men and women during the first Brazilian Republic (1890-1930) in Espírito Santo, more specifically Vitória and its surrounding neighbors. Idealizations of the male and female social roles were analyzed investigating judicial rulings and affidavits of both first hand and eyewitness accounts in such cases of Crimes of Passion. The outcomes suggest that domestic violence and its legitimization were supported to maintain the Capixabas’ hierarchal social structure. Social Representations were generated from principles both positive and negative, which in turn guided the social practices of the subjects as either acceptable or not acceptable. In some cases judicial rulings proved impartial even when such decisions broke with the values considered crucial to the social order of the time. Lastly, this work desires to contribute to the saving of local history as it relates contextually to its national partner by specifically considering the histories of Vitoria, Espírito Santo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3445
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3987_.pdf445.81 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.