Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3456
Título: El elogio del pueblo : a questão nacional na historiografia de José Victorino Lastarria
Autor(es): Mello, André Ferreira
Orientador: Santos, Fabio Muruci dos
Data do documento: 5-Mai-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O objetivo central deste estudo é analisar as relações entre narrativa histórica e identidade nacional nos escritos do chileno José Victorino Lastarria produzidos durante a década de 1840. Procura-se rastrear os procedimentos através dos quais o pueblonación chileno é transformado no principal sujeito de suas narrativas históricas, a partir de quais dispositivos conceptuais ele procurou tornar a nação chilena uma entidade tangível, conformando, assim, um discurso sobre sua nacionalidade. Ao aderir a uma concepção filosófica da história, Lastarria buscou abordar a gênese do pueblo chileno enfatizando os impactos negativos que o sistema colonial espanhol teve para o desenvolvimento do caráter daquele pueblo. Mas à diferença da maioria de seus contemporâneos, para ele essa nação só alcançaria o desenvolvimento pleno de suas formas de expressão caso conservasse os caracteres dos três povos de que fora composta: índios e espanhóis inicialmente, e, logo, os mestiços. Assim, ressalta-se o fato de ele negar veementemente qualquer tipo de discurso que suponha que os índios e mestiços são raças degeneradas, naturalmente incapazes de desenvolver as aptidões e valores necessários à vida numa república que se queria plenamente democrática.
This research intends to analyze the relations between historical narrative and national identity in the writings of the Chilean José Victorino Lastarria produced along the 1840’s. Thus, it is its purpose to uncover the conceptual elements through which the Chilean pueblo-nación emerges as the main subject from his historical narratives, conforming, in this sense, a speech on a nation-ness. By professing a philosophical conception of history, Lastarria attempted to narrate the genesis of the Chilean pueblo emphasizing the negative role that the Spanish Colonial System played on the development of its main characters. But unlike most of his contemporaries, to him, this nation was to achieve a full development of its original expressions only if it conserved the features of the three people which historically had conformed it: indians and Spaniards, in the first moment, and, then, also the mestizos. Hence, the research highlights the fact that Lastarria quite harshly denied any kind of speech that addressed conceptions that both the indians and the mestizos were the kinds of a degenerated racial lineage, naturally incapable of developing the aptitudes and values regarded as fundamental to live in a democratic republic.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3456
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4625_André_Ferreira_Mello.pdf1.05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.