Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3460
Título: Uma análise do ajuste da matriz energética brasileira às Conferências Mundiais de Meio Ambiente (1972-2002)
Autor(es): Rabbi, Douglas Silva
Orientador: Ribeiro, Luiz Cláudio Moisés
Data do documento: 4-Jul-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Analisa o ajuste da matriz energética brasileira por meio de políticas públicas, com ênfase nas fontes renováveis de energia, em resposta às três Conferências Mundiais de Meio Ambiente das Nações Unidas, ocorridas entre 1972 e 2002. Informa a transição do foco do planejamento desta matriz, historicamente construída por fatores econômicos, em razão das pressões de setores organizados nacional e internacionalmente. Assim, observou-se que as mudanças de valorização da dimensão econômica para a dimensão ambiental durante o período histórico em questão devem-se às crescentes imposições de setores comprometidos com o desenvolvimento sustentável, em conformidade com as decisões daquelas conferências, de modo que a estratégia de “alinhamento ambiental” da matriz energética brasileira adotada por sucessivos governos contribuiu para firmar a posição de liderança mundial do Brasil em sustentabilidade ambiental. Contudo, a estratégia do país é questionada pelo fato de sua matriz energética, apesar de ambientalmente ajustada, ainda apresentar problemas econômicos e sociais, especialmente na universalização do acesso à energia elétrica até 2002.
This study analyzes the adjustment of the Brazilian energy mix through public policies focusing on renewable energy sources, as a response to the three United Nations Conferences on the Environment held between 1972 and 2002. It shows the change of focus in the energy mix planning, which had been historically built by economic factors, due to pressure from organized national and international sectors. Therefore, we observed that the shift from valuing the economic dimension to valuing the environmental dimension during this historical study period is due to increasing impositions by sectors committed to sustainable development, in compliance with decisions made at those UN conferences. Thus, the strategy of “environmental alignment” of the Brazilian energy mix, which has been adopted by successive governments, contributed to consolidating Brazil‟s position as a world leader in environmental sustainability. However, Brazil‟s strategy is questioned because although its energy mix is environmentally adjusted, it still shows economic and social problems, especially concerning the universalization of access to energy until 2002.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3460
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4629_Douglas_Silva_Rabbi.pdf1.38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.