Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3466
Título: O último grão de areia na ampulheta da vida : poder, política e falecimentos nos periódicos "Correio da Victoria", "Jornal da Victoria" e "O Espírito-Santense"
Autor(es): Scolforo, Jória Motta
Orientador: Soares, Geraldo Antonio
Data do documento: 13-Abr-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esta dissertação pesquisa as notícias, notas, artigos e poesias sobre falecimentos publicadas nos jornais “Correio da Victoria”, “Jornal da Victoria” e o “Espírito-Santense”, que circularam na capital da Província do Espírito Santo, Vitória, na segunda metade do século XIX. O objetivo da análise foi investigar as percepções e representações da morte pela imprensa capixaba, com especial atenção às relações de poder traçadas entre os indivíduos e os status sociais atribuídos a determinados mortos. Além disso, observaram-se as atitudes costumeiras diante dos óbitos; a manifestação dos sentimentos, dentre eles a saudade e a amizade; o envolvimento e participação da comunidade nas solenidades fúnebres; a influência da Igreja Católica e as mudanças provenientes do embate entre os poderes religiosos e seculares. Verificou-se que no período estudado a morte não era interdita e o moribundo não falecia na solidão. A comunidade participava e apoiava a família nos momentos anteriores e após o óbito. Os rituais eram solenes e envolvidos em sons e lágrimas. Os funerais estavam inseridos no cotidiano e mostraram-se importantes espaços de sociabilidade dentre os moradores.
The following dissertation researches news, notes, articles and poetry about deaths published in “Correio da Victoria”, “Jornal da Victoria” and “Espírito-Santense” newspapers, which circulate in the capital of Espírito Santo province, Vitória, on the second half of 19th century. The analysis objective is to explore perceptions and representations of death in capixaba press, with special attention in relations of power between individuals, and social status attributed to some of the deceased. However, some actions before the death are common; unveiled feelings like saudade and friendship; the community participation and involvement in funeral procession; the Catholic Church influence and changes derived from the shock of state’s and church’s power. In the studied period, death was part of everyday life and most of times people didn’t die alone. The community participated and supported the family before and after the death of a relative. Rituals were solemn and formal, and involved particular sounds and tears. Funeral procession were important social events.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3466
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4689_Jória_Motta_Scolforo.pdf1.37 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.