Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3490
Título: Hospital Adauto Botelho: Controle Social e Mulheres - Vitória-ES (1954-1956)
Autor(es): PERINI, J. F.
Orientador: NADER, M. B.
Data do documento: 2-Out-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: PERINI, J. F., Hospital Adauto Botelho: Controle Social e Mulheres - Vitória-ES (1954-1956)
Resumo: Esta dissertação versa sobre as internações de mulheres, ocorridas no Hospital Psiquiátrico Adauto Botelho, localizado em Cariacica, município que compõe a atual região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo. Essas internações possuem um caráter intrigante, uma vez que poderiam servir para reprimir comportamentos femininos considerados antissociais perante a sociedade para simplesmente silenciar quem incomodava os demais. Por isso, o hospício, muitas vezes foi considerado um cemitério de vivos, pois ele era capaz de incapacitar, anular e matar socialmente quem destoasse do interesse de alguém com mais poder. Seu poder de coerção era maior do que o de cuidado, pois a cura era descartada em quase todas as hipóteses. Por meio dos prontuários das mulheres internadas no Hospital Adauto Botelho, relatórios de governo do Estado do Espírito Santo, revistas e jornais que ditam os padrões morais e monografias de médicos psiquiatras do século XX, foi possível reconstruir parte do pensamento psiquiátrico brasileiro e sua vertente punitiva e que, em outras épocas, servia ao dito progresso da nação. Palavras-chaves: Mulheres; Controle social; Hospital Psiquiátrico Adauto Botelho.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3490
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_5465_dissertação julia freire perini.pdf1.1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.