Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3510
Título: Ciganos nas terras do Espírito Santo: Representações sócio-políticas (1870-1930)
Autor(es): DURANTE, D. S.
Orientador: Schwartz, Cleonara Maria
Palavras-chave: Ciganos imprensa capixaba História do Espírito Santo
Data do documento: 25-Jun-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: DURANTE, D. S., Ciganos nas terras do Espírito Santo: Representações sócio-políticas (1870-1930)
Resumo: A dissertação desenvolvida no âmbito do PPGHIS/UFES versa sobre as populações ciganas no Brasil e tem como objetivo realizar um estudo de cunho historiográfico, utilizando um recorte espaciotemporal específico entre os anos de 1870 a 1936 no Estado do Espírito Santo. Para esta investigação, baseou-se no pensamento de Roger Chartier. O conceito de representação social defendido pelo autor propõe que há uma busca constante em legitimar uma identidade social onde, muitas vezes, pode ocorrer o desmerecimento de outros grupos sociais. A compreensão dedeterminada realidade social conduz ao desvelamento do seu contexto, a partir da análise dos diferentes atores sociais que a integram. Estudar os ciganos no período referenciado só foi possível através da compreensão da sociedade da época, examinando o discurso utilizado pelos periódicos analisados, o papel do cigano e o que ele representava para o grupo dominante. Para tal intento, pesquisaram-se os jornais do Estado do Espírito Santo no período enfocado. Neles, constatou-se diversas representações dos ciganos presentes na sociedade da época estudada onde a apropriação destas contribuiu significativamente para a invisibilidade desta minoria étnica no estado.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3510
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_5852_pesquisa.pdf2.86 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.