Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3570
Título: Evolução espaço-temporal do manguezal do estuário do rio São Mateus (ES) empregando técnicas de sensoriamento remoto
Autor(es): Silva, Elizabeth Dell’Orto e
Orientador: Vale, Cláudia Câmara do
Coorientador: Silva, Mára Regina Labuto Fragoso da
Data do documento: 27-Set-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Com base nos preceitos conceituais da Teoria Geral do Sistema e nos preceitos teórico-metodológicos da Estrutura Hierárquica proposta por Schaeffer-Novelli et al. (2000) e ainda na classificação dos ambientes onde ocorrem manguezais a partir do ponto de vista geomorfológico proposto por Thom (1984), esta pesquisa buscou aplicar diferentes níveis de análise ao ecossistema manguezal da embocadura do rio São Mateus (ES). As imagens Landsat dos anos de 1985, 1997 e 2009 foram utilizadas na análise espaço-temporal da cobertura vegetal do manguezal da embocadura do rio São Mateus. Foi aplicado nestas imagens a técnica de Análise de Componentes Principais (PCA) no sentido de obter um melhor realce da vegetação de mangue. A partir da classificação supervisionada da componente Pc1 / Pc4 / Pc2 verificou-se que a vegetação de mangue no ano de 1985 era de aproximadamente 788,2 ha, no ano de 1997 era de 824,1 ha e em 2009, a área diminuiu para 790,1 ha. A partir das imagens 1985/1997/zero, 1997/2009/zero e 1985/2009/zero, em RGB, foi possível a identificação das áreas de mangue que sofreram alterações ao longo dos anos em decorrência dos processos erosivos e deposicionais e as imagens Pc1 1985 / Pc1 1997 / zero, Pc1 1997 / Pc1 2009 / zero e Pc1 1985 / Pc1 2009 / zero, em RGB, permitiram a visualização das mudanças ocorridas nas feições costeiras e da linha de costa adjacente à embocadura do rio São Mateus.
Based on the conceptual precepts of the General Theory of the System and on the theoretical methodological precepts of the Hierarchical Structure proposed by Schaeffer-Novelli et al. (2000) and yet on the classification of the environments where mangroves occur, from the geomorphologic point of view proposed by Thom (1984), this research sought to apply different levels of analysis to the mangrove ecosystem of the mouth of the São Mateus river (ES). The Landsat images of the years 1985, 1997 and 2009 were used in the time-spatial analysis of the mangrove vegetable coverage on the São Mateus river mouth. It was applied on these images the Analysis of Main Components technique in the way to obtain a better prominence of the mangrove vegetation. After the supervised classification of the Pc1/Pc4/Pc2 component it was found that the mangrove vegetation in year 1985 was approximately 788,2 ha, in 1997 it was 824,1 ha and in 2009 this area decreased to 790,1 ha. From the images 1985/1997/zero, 1997/2009/zero and 1985/2009/zero, in RGB, it was possible to identify the mangrove areas which suffered modifications through the years due to the eroding and deposition processes. Images Pc1 1985 / Pc1 1997 / zero, Pc1 1997 / Pc1 2009 / zero and Pc1 1985 / Pc1 2009 / zero, in RGB, permitted to see the changes occurred on the coast feature and on the coastline adjacent to the São Mateus river mouth.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3570
Aparece nas coleções:PPGGEO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4210_elizabeth.pdf8.26 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.