Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3582
Título: Transformações do espaço e estratégias mercantis na lagoa Jacuném
Autor(es): Barbosa, Rubens Pereira
Orientador: Campos Júnior, Carlos Teixeira de
Data do documento: 26-Ago-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A natureza, elemento presente em abundância no passado, com o passar do tempo tem se transformado em atributo raro. Com o crescimento das cidades, a natureza foi transformada, substituída pelo ambiente construído e destruída, recebendo cargas de poluentes e sobrevivendo em pequenos fragmentos. Com a impossibilidade de sua recriação tal como era, a natureza se transformou em produto raro e apropriado pelo mercado. Atualmente, a indústria da construção civil tem explorado a natureza, por meio do lançamento de empreendimentos imobiliários, como diferencial dos seus produtos, recriando-a como representação de forma ilusória por meio de signos. A lagoa Jacuném, no município de Serra-ES, é um exemplo dessa estratégia de mercado. Até a década de 1970, sua bacia hidrográfica apresentava baixa densidade demográfica e pouca exploração da terra, situação que se altera com a implantação da indústria e dos conjuntos habitacionais que a acompanham. Apesar da degradação dos últimos 40 anos, promotores imobiliários vendem a ideia de santuário ecológico e direcionam midiaticamente o consumo de uma natureza que não existe mais, senão como construção pelo mercado. A falácia é evidenciada pelas análises da qualidade de água, presença de efluentes carregados de poluentes nos córregos que a alimentam e alta densidade de macrófitas na superfície da água, provas da degradação ambiental e poluição presentes na bacia que são negligenciados em favor do mercado.
Nature, present in abundance in the past, with the passage of time has been transformed into rare element. With the growth of cities, it has been transformed, replaced by the built environment and destroyed, getting loads of pollutants and surviving in small fragments. The impossibility of its recreation as it was in the past, turned nature into a rare and appropriate commodity to the market. Currently, the construction industry has explored nature over the launch of real estate enterprises as a differential of its products, recreating it as a representation of an illusory form trough signs. The Jacuném lagoon, in the city of Serra-ES, is an example of this marketing strategy. Until the 1970s, Jacuném watershed used to have low population density and poor land exploration, a situation that changes with the implementation of industry and housing that accompany it. Despite the deterioration of the last 40 years, the real estate agents sell the idea of an ecological sanctuary and direct consumption of a nature that no longer exists, but as a market construction. The fallacy is evidenced by the water quality analysis, the presence of wastewater laden with pollutants in streams that feeds it, and the high density of macrophytes on the water surface. All this facts are evidences of environmental degradation and pollution in the basin that are overlooked in favor of the market.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3582
Aparece nas coleções:PPGGEO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_5052_rubens.pdf6.18 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.