Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3610
Título: Vulnerabilidade ambiental da planície costeira de Caravelas (Bahia) : uma proposta geossistêmica
Autor(es): Souza, Sirius Oliveira
Orientador: Vale, Cláudia Câmara do
Data do documento: 19-Dez-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A pressão de uso sobre as zonas costeiras e os seus efeitos sobre o equilíbrio dos ecossistemas têm sido um assunto,frequentemente, abordado na mídia e sobretudo na literatura científica. Uma das maiores preocupações relaciona-se à velocidade com que esta pressão ocorre e a lenta efetivação das medidas propostas pela pesquisa científica. Tal situação leva os planejadores a optarem por abordagens sistêmicas de gerenciamento dos recursos naturais, ao procurarem sintetizar a informação científica para desenvolver modelos de estudos costeiros integrados. A partir destes estudos, objetivar-se-à neste trabalho analisar a vulnerabilidade ambiental da Região Planície Costeira de Caravelas, no estado da Bahia (Brasil), por meio de técnicas de geoprocessamento e sensoriamento remoto em um Sistema de Informação Geográfica (SIG), e ainda, disponibilizar uma ferramenta de apoio à tomada de decisão para o planejamento territorial e ambiental. Sob a visão sistêmica, procurou-se caracterizar os principais tipos de uso e ocupação da terra nos últimos vinte e nove anos, sendo que para a realização plena de tal caracterização, foram também analisados os geofácies presentes na Região Planície Costeira de Caravelas que, ao abrangerem também a evolução antrópica, sinalizaram a alteração do ambiente como um todo. Por fim, nesta pesquisa foram originados índices de vulnerabilidade ambiental a partir da integração das características geológicas, pedológicas, clinográficas e de uso e ocupação da terra. As classes que apresentam vulnerabilidade muito alta e alta incluem os manguezais, as várzeas flúviolagunares, os terraços arenosos recobertos pelo geofácie de Mata Seca de Restinga e a linha de costa. Na classe que apresenta vulnerabilidade ambiental média estão incluídos as encostas dos tabuleiros costeiros, recobertos pelo geofácies de cultivos. As classes categorizadas como baixa e muito baixa vulnerabilidade ambiental representam os topos dos tabuleiros costeiros situados no trecho noroeste da área em estudo. O mapa de vulnerabiidade ambiental dos geofácies proporciona um diagnóstico interessante das condições sócio ambientais. Por fim a análise da vulnerabilidade ambiental permitiu a compreensão dos diferentes graus de vulnerabilidade de cada unidade mapeada frente a determinadas pressões antrópicas, podendo ser utilizado como instrumento de gestão costeira para o ordenamento local e regional.
The use pressure on coastal zones and their effects on the equilibrium of ecosystems have been a subject often discussed in the media and above all in the scientific literature. One major concern is related to speed with which this pressure happens and the slowly execution of the measures proposed by scientific research. Such a situation it takes the planners to opt for systemic approaches to natural resource management, to the look for synthesise the scientific information to develop models of integrated coastal studies. From these studies, the objective of this work was to analyze the environmental vulnerability of the Caravelas Coastal Plain, in the state of Bahia (Brazil) by means of geoprocessing techniques and remote sensing in a Geographic Information System (GIS), and still make available a support tool to decision making for spatial and environmental planning. Under the systemic view, we tried to characterize the main types of use and occupation land in the last twentynine, whereas for the full realization of this characterization, were also analyzed the geofacies present in the Caravelas Coastal Plain that encompass also anthropogenic developments, signaled the change of the environment as a whole. Finally, this research were derived environmental vulnerability indices from the integration of geological, soil, slope and use and occupation of land characteristics. Classes that have high and very high vulnerability include the mangroves, the tidal lagoons floodplains, the sandy terraces covered by geofácie Mata Seca de Restinga and the coast line. In the class has an average environmental vulnerability are included coastal tableland, covered by geofacies of crops. The environmental vulnerability map produced allowed the understanding of the different levels of vulnerability of each mapped drive front of certain anthropogenic pressures and can be used as a tool for coastal management for local and regional planning.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3610
Aparece nas coleções:PPGGEO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_7355_sirius20140530-110510.pdf14.05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.