Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3715
Título: A prática da retextualização na aula bilíngue Libras-Português
Autor(es): SILVA, A. B.
Orientador: FILGUEIRAS, L. V. P.; DEPAULA, L.
Palavras-chave: Referenciação
Objetos-de-discurso
Rotulação
Enunciação
Data do documento: 5-Abr-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SILVA, A. B., A prática da retextualização na aula bilíngue Libras-Português
Resumo: Esta pesquisa questiona a noção de referência como representação extensional dos referentes entendidos como categorias do mundo e, apoiando-se numa concepção sociocognitivo-interacional de linguagem, defende a referenciação como atividade discursiva voltada para a criação de objetos-de-discurso ancorados no contexto enunciativo e produzidos no fazer textual. O recorte teórico-metodológico proposto focaliza as estratégias de rotulação (de criação de formas nominais referenciais) as quais criam um domínio conceitual para a interpretação das informações-suporte presentes num texto-fonte, geralmente uma proposição ou uma seqüência de proposições com independência enunciativa. A análise fundamenta-se num certo grau de indeterminação da linguagem e na dinâmica da (re)categorização como índice de uma estratégia discursiva em que os rótulos desempenham papel relevante tanto no encadeamento discursivo das unidades informativas dos textos quanto na organização semântico-argumentativa global do discurso. Por essa via de análise, os rótulos constituem paráfrases resumitivas com papel coesivo bem definido na superfície textual. Entretanto, a escolha da construção nominal (tanto do núcleo quanto dos determinantes) depende muito mais da interação entre os sujeitos envolvidos no processo interativo do que de uma relação de correferência buscada na semântica dos objetos ou dos fatos enunciados. O exame do corpus, constituído de textos opinativos presentes na mídia impressa brasileira e colhidos no período de dezembro de 2005 a dezembro de 2007, apontou para a necessidade de ultrapassar o plano das relações anafóricas e integrar o funcionamento dos rótulos num referencial dêitico-enunciativo de linguagem.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3715
Aparece nas coleções:PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.