Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3743
Título: O desvelamento do sujeito e da morte no discurso dos epitáfios.
Autor(es): LOUREIRO, R. V. L.
Orientador: NASCIMENTO, J. V.
Palavras-chave: Análise do Discurso
Ethos discursivo
Morte
Epitáfios
Data do documento: 9-Nov-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: LOUREIRO, R. V. L., O desvelamento do sujeito e da morte no discurso dos epitáfios.
Resumo: Esta dissertação trata da construção da cenografia e do desvelamento do ethos discursivo, no discurso das inscrições de lápides tumulares, os chamados epitáfios, conforme perspectivas apontadas por Dominique Maingueneau (1997, 2001, 2008a, 2008b, 2008c, 2010), para a Análise do Discurso de linha francesa. Buscamos em Maingueneau a noção de ethos discursivo, para caracterizar a imagem do sujeito enunciador, mostrada ou construída por ele no discurso elegido. Quanto à cenografia, também analisada pelo viés dos princípios de Maingueneau, ela nos dará subsídios para desvelarmos, por meio do discurso dos epitáfios, como a sociedade pensa a morte. Para constituir o corpus, selecionamos epitáfios de túmulos do Cemitério de Santo Antônio, localizado na Cidade de Vitória no Estado do Espírito Santo. Com o intuito de levantar as características enunciativas do sujeito do discurso dos epitáfios, analisamos os elementos constitutivos do gênero de discurso epitáfios, a noção de morte e a modalidade desse discurso, a fim de confirmarmos a hipótese de que há nesse discurso uma forte influência religiosa que leva os indivíduos a recorrerem aos epitáfios como uma das formas de construir uma imagem positiva de seus mortos, além de homenageá-los. Disso decorre que a sociedade utiliza os discursos dos epitáfios como mecanismo para eternizar a memória de seus falecidos. A opção teórica é, por conseguinte, pela Análise do Discurso, pelo ponto de vista de Maingueneau, tomando as categorias de interdiscurso, cenas de enunciação e os componentes da semântica global como bastante adequadas para alcançarmos nossos objetivos. A importância desta pesquisa está no fato de mostrar que o discurso é o lugar onde se engendra a imagem do sujeito enunciador e que, por isso, se justifica, nesta dissertação, buscar o desvelamento do ethos discursivo desse sujeito no discurso dos epitáfios e ao mesmo tempo perpetuar sócio-historicamente a sua memória.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3743
Aparece nas coleções:PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_5243_DISSERTAÇÃO - Raquel Vaccari20131008-112224.pdf2.83 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.