Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3783
Título: SIMULACRO E RETÓRICA: CONSTRUÇÃO DE ETHÉ E DO HUMOR EM ARTIGOS DE OPINIÃO INTERGENÉRICOS DE ELIO GASPARI.
Autor(es): CASTRO, G. G.
Orientador: CARMELINO, A. C.
Palavras-chave: ethos
Elio Gaspari
humor
simulacro
artigo de opinião
Data do documento: 19-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: CASTRO, G. G., SIMULACRO E RETÓRICA: CONSTRUÇÃO DE ETHÉ E DO HUMOR EM ARTIGOS DE OPINIÃO INTERGENÉRICOS DE ELIO GASPARI.
Resumo: Esta pesquisa propõe um estudo sobre a construção de ethé e do humor em artigos de opinião intergenéricos assinados por Elio Gaspari. Partindo da hipótese de que, nos textos, a construção discursiva de ethé alheios constitui a principal estratégia argumentativa, buscamos verificar como, pela utilização de recursos retóricos e humorísticos, é possível construir ethé de figuras expressivas da política brasileira. Para tanto, selecionamos oito artigos de opinião publicados em forma de e-mail no jornal Folha de S. Paulo. Uma vez estruturados a partir do processo intergenérico, esses artigos de opinião simulam trocas de e-mail entre personalidades políticas, evidenciando ethé dessas personalidades, o que os torna um lugar propício para se observar o ponto de vista retórico da construção de imagem. Assim, ao mostrar como se dá a construção de ethé dos políticos nos artigos intergenéricos, este trabalho se torna relevante na medida em que pode ampliar reflexões em torno dos artifícios utilizados em textos opinativos para levar o auditório a aderir ao posicionamento do orador. Para a condução deste estudo, adotamos os construtos teóricos desenvolvidos por estudiosos da Retórica (Retórica aristotélica e Nova Retórica), dos gêneros e do humor. As análises revelaram a constituição, pelo viés do humor, de ethé positivos dos políticos que atuam como remetentes dos e-mails e de um ethos negativo daqueles que desempenham o papel de destinatário. Ainda foi possível constatar que, ao construir ethé de outras personagens, o orador acaba construindo representações de si. Concluímos, assim, que é por meio do recurso ao ethos e ao humor que o orador busca obter a adesão de seu auditório, levando-o a partilhar seu posicionamento crítico acerca da política brasileira.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3783
Aparece nas coleções:PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_8582_dissertação_gisely.pdf4.46 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.