Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3797
Título: A transitividade de verbos de elocução à luz do funcionalismo
Autor(es): Tesch, Joseane Sales de Oliveira
Orientador: Rocha, Lúcia Helena Peyroton da
Data do documento: 28-Ago-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esta dissertação aborda o fenômeno da transitividade em notas sociais, com vistas a entender melhor o comportamento de verbos de elocução comumente usados nesses textos. Para dar conta do estudo que pretendemos empreender, partimos das proposições tradicionais no que tange à transitividade, também consideramos as abordagens descritivas e elegemos como referencial teórico a perspectiva funcionalista da linguagem, dentro da qual encontra-se uma concepção de transitividade formulada por Hopper e Thompson (1980). Ao relacionar as referidas vertentes teóricas, percebemos a necessidade de ampliar, ou até atualizar, a maneira como a transitividade é concebida. Diante disso, a empreitada assumida por nós se justifica, pois propomos um estudo da transitividade para além do olhar normativo e objetivamos compreender melhor o funcionamento dos verbos de elocução e a transitividade das orações que os abrigam em um contexto de uso. O corpus elegido para este estudo foram as notas sociais publicadas na seção Planeta Pop, do caderno AT2, do jornal A Tribuna, que são pequenos textos noticiando alguma informação sobre a vida de pessoas famosas no meio artístico e de nacionalidade estrangeira, tendo os verbos de elocução como um componente essencial. A metodologia adotada foi a de observar, descrever e analisar o fenômeno eleito para nossa investigação. Dessa forma, após reunirmos os dados, visualizamos as ocorrências dos verbos de elocução, buscando descrever o ambiente em que se inserem para, então, aferirmos a transitividade das orações e demonstrarmos, por meio de alguns exemplos, a dinâmica de uso desses verbos e das orações em relação à transitividade. A pesquisa revelou um alto grau de transitividade nas cláusulas que formam as notas sociais e que os verbos de elocução não revelam um objeto sintático paciente, ou seja, que sofre a transferência da ação verbal, o que justifica o fato de, no que se refere aos Parâmetros de Transitividade de Hopper e Thompson (1980), não identificarmos, em nenhuma das orações analisadas, o afetamento e a individuação do objeto.
This paper discusses the transitivity phenomenon in social notes, in order to better understand the behavior of elocution verbs commonly used in these texts. To manage for the study that we intend to undertake, we leave the traditional propositions regarding the transitivity also consider the descriptive and functional assumptions and elected as a theoretical functionalist perspective of language, within which is a concept of transitive formulated by Hopper and Thompson (1980). Our perception to contemplate such theoretical aspect was the need to expand, or even upgrade, the way transitivity is designed. Therefore, the contract assumed by us is justified, because we propose a study of transitivity beyond the normative look and aim to better understand the functioning of elocution verbs and transitivity of the prayers that are home in a context of use. The corpus chosen for this study were social notes published on Planeta Pop section, the AT2 notebook, the newspaper A Tribuna, which are small text heralding some information about the life of famous people in the arts and foreign nationals, with the verbs speech as an essential component. The methodology adopted was to observe, describe and analyze the phenomenon elected to our investigation. Thus, after gather the data, we see instances of elocution verbs, seeking to characterize the environment in which they operate to then measure the transitivity of sentence and demonstrate, through some examples, the use of these verbs dynamic and prayers regarding transitivity. The survey revealed a high degree of transitivity in clauses that form the social and notes that the elocution verbs do not produce a patient syntactic object, is suffering the transfer of verbal action, which justifies the fact, as regards the Hopper and Thompson Transitive parameters (1980), we not identify, in any of the analyzed sentence, the affected and individuation of the object.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3797
Aparece nas coleções:PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9072_DISSERTAÇÃO FINAL.pdf13.92 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.