Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3833
Título: Análise de viabilidade populacional do muriqui, Brachyteles hypoxanthus (Primates: Atelidae), em fragmentos de Mata Atlântica de Santa Maria de Jetibá - Espírito Santo
Autor(es): Coutinho, Bruno Rocha
Orientador: Mendes, Sérgio Lucena
Data do documento: 27-Mar-2007
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A perda e a fragmentação de habitats estão entre os processos mais importantes relacionados à perda de espécies e que conduzem à atual crise de extinção. Tais processos podem reduzir o tamanho de populações e modificar a distribuição espacial de subpopulações restantes através do seu isolamento em fragmentos de habitats, como é o caso do muriqui-do-norte (Brachyteles hypoxanthus). Esse primata é um dos 25 mais ameaçados de extinção do planeta. A extinção desta espécie em grande parte de seu território está associada à destruição de seu habitat e ao fato de que, devido ao seu porte grande, tem sido historicamente abatido porcaçadores. No município de Santa Maria de Jetibá (SMJ), região serrana do estado do Espírito Santo, há várias subpopulações de muriquis-do-norte que sobrevivem em pequenos fragmentos florestais parcialmente isolados, onde algumas fêmeas quedispersam tornam-se solitárias por falta de alternativa. Os objetivos deste trabalhoforam de verificar: (1) o quão vulneráveis estão as subpopulações na ausência de interações demográficas entre si; (2) a influência da dispersão de fêmeas sobre a viabilidade das populações; (3) quais fatores estocásticos (demográficos, ambientais e genéticos) são críticos quanto à persistência da espécie em uma paisagem fragmentada; e (4) estimar o risco relativo enfrentado pelas subpopulações frente a processos extrínsecos à biologia da espécie, tais como a caça. Para isso, utilizou-se uma análise de viabilidade populacional (AVP) através do programa VORTEX. Osdados demográficos utilizados na parametrização do programa foram coletados pelo Projeto Muriqui – Espírito Santo em SMJ durante cerca de quatro anos demonitoramento em campo e os dados sobre a biologia da espécie foram utilizados dos trabalhos de Karen B. Strier realizados na Estação Biológica de Caratinga que vem desde 1982 fazendo um monitoramento sistemático daquela população. Osresultados da AVP indicaram que todas as nove subpopulações apresentaram alta probabilidade de extinção e uma perda de pelo menos 25% de heterozigosidade em um período de 50 anos. A análise também sugere que seis das nove subpopulações estudadas estão em declínio por apresentarem taxas de crescimento negativas (r < 0). O tempo médio de extinção das subpopulações variou entre 21 a 34 anos e o tamanho populacional final variou entre sete e oito indivíduos por subpopulação. A dispersão de fêmeas foi o fator mais crítico na sobrevivência da espécie para a região de SMJ. Outros fatores que também aumentaram a probabilidade de extinção quando adicionados ao modelo foram: o desvio da razão sexual no nascimento para machos, incêndio e a caça de fêmeas adultas. A alta vulnerabilidade à extinção e o declínio das subpopulações de muriquis em SMJ deve-se principalmente ao isolamento dassubpopulações que faz com que as fêmeas jovens que dispersam não alcancem outras subpopulações. Dessa forma, pode-se afirmar a necessidade urgente de medidas queminimizem o efeito do isolamento dessas fêmeas com o objetivo de aumentar a viabilidade das subpopulações em longo prazo.
Habitat lost and habitat fragmentation are in the most important processes related to species extinction around the world. Because of isolation in habitats fragments, those processes can reduce the population size and modify remaining subpopulations’spatial distribution. This situation is occurring with the northern muriqui(Brachyteles hypoxanthus), one of the most 25 most endangered primates of the world. This species have been hunted for centuries because of this great size. In a region of Espírito Santo state, Southern Brazil, there are many northern muriqui subpopulations that survive in small isolated fragmented habitats where somefemales became lonely after they disperse because they can’t find another group todisperse. This research focused on: (1) subpopulations vulnerability on absent of demography interactions, (2) dispersal fluency of females on the populations’ viability, (3) stochastic factors (demographic, environmental, and genetics) that arecritical for the species persistence in a fragmented landscape, and (4) relative riskestimation faced by the subpopulations due species biological extrinsic processes,like hunting. I conducted a population viability analysis (PVA) using the computerpackage VORTEX. I used four years of demographic data from Espírito Santo’s Muriqui Project (Projeto Muriqui) and biological data from Karen B. Strier’s researches. PVA’s results demonstrated that all nine subpopulations showed high probability of extinction, and at least 25% heterozygosity lost for 50 years. The results also demonstrated that six of nine subpopulations are in decline. These subpopulations presented negatives growing rates (r < 0). 21 and 34 years were the subpopulations’ median extinction time, and seven and eight individuals/subpopulations were the final size. Female dispersal was the most critical factor on species survivorship. There were other factors that increased the speciesextinction probability when they were added to model: males’ sexual rate deviation,burning and adults female’s hunting. Young females can’t disperse because of the subpopulations isolation which cause high extinction vulnerability and northern muriquis subpopulations’ decline in a region of Espírito Santo. It’s necessary to arrange actions that minimize the isolation effects to increase the subpopulations viability in long term.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3833
Aparece nas coleções:PPGBAN - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4651_Bruno Coutinho.pdf2.03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.