Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3844
Título: Três espécies crípticas em Sturnira lilium (Chiroptera: Phyllostomidae) : evidências baseadas em genes mitocondriais
Autor(es): Dinelli, Lorena Luppe
Orientador: Fagundes, Valéria
Coorientador: Ditchfield, Albert David
Palavras-chave: Morcego
Genética animal
Biologia molecular
Genes
Zoologia - Classificação
Marcadores genéticos
Data do documento: 21-Mar-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Dentre os morcegos filostomídeos, o gênero Sturnira Gray, 1842 é caracterizado como um grupo que contém relações filogenéticas complexas, por apresentar incongruências quando relacionados dados morfológicos e moleculares. São reconhecidas para o gênero 14 espécies, dentre as quais Sturnira lilium está incluída. Esta espécie possui ampla distribuição, desde e México ao Uruguai. Estudos propondo a existência de mais de uma espécie em S. lilium não são novidade devido à ocorrência de plasticidade morfológica no grupo. Esta possibilidade tem sido levantada em trabalhos atuais que utilizam marcadores moleculares para investigar filogeografia e diversidade genética do grupo. Assim, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a distribuição da diversidade genética em um contexto filogenético e geográfico em S. lilium, e discutir sobre a possibilidade de espécies crípticas. Para tanto, foram utilizadas sequências de três marcadores mitocondriais, gene citocromo oxidase I, COI (205 sequências), gene citocromo b, Cit b (172 sequências) e região controle do DNA mitocondrial, D-loop (101 sequências), para inferir filogenias e história demográfica do grupo. Também foram calculadas as taxas de divergências e parâmetros populacionais de variabilidade genética. Todos os resultados obtidos apontam para um padrão de estruturação geográfica na distribuição da diversidade genética, com a formação de três clados principais com altos valores de divergência entre eles (5-8%). O clado I foi o de distribuição mais norte, incluindo amostras do México e norte da América Central. O clado II, de distribuição intermediária, incluiu amostras do Panamá e noroeste da América do Sul. Dentro deste clado foi observada a formação de dois agrupamentos com sobreposição de distribuição e 2% de divergência entre eles. O clado III teve distribuição mais ao sul, incluindo amostras da Bolívia e do leste do Brasil. Apesar da estruturação dos grupos, as populações dentro de cada grupo mostraram pouca estruturação, evidenciada pelo compartilhamento de haplótipos entre localidades distantes. Há uma correlação geográfica entre os clados II e III com os biomas Amazônia e Mata Atlântica, respectivamente. Uma hipótese para a evolução desses grupos é a do surgimento do grupo III a partir de um ancestral comum ao norte. Esta hipótese é baseada em dados de demografia populacional que indicam estabilidade populacional no grupo II. Essa estabilidade pode ser associada a uma origem mais antiga, o grupo III apresenta sinais de expansão recente. Além disso, é levantada a possibilidade de ocorrência de pseudogenes em amostras do Brasil, que são mais relacionadas ao clado II do que ao clado III. A característica de fóssil genético é atribuída a esses peseudogenes, pois eles podem variar pouco em relação à sequência original, corroborando a hipótese de um ancestral norte para o clado III. Os três clados podem ser associados a unidades taxonômicas distintas baseadas no Conceito Genético de Espécie, uma vez que as distâncias genéticas entre os clados são próximas às observadas entre os clados de S. lilium e a espécie congenérica S. tildae.
TheNew World leaf-nosed bats of the genus Sturnirahasknowncomplex phylogenetic relationships due toincongruencebetweenmorphological and molecular data.Are recognized for the genus 14 species, among which is included Sturnira lilium, widelydistributedspecie, occurring from Mexico to Uruguay. Previously studies suggest thatS. liliumhasmorphological plasticity and therefore could represent more than one species.Thus, the present study aimed to evaluate the distribution of genetic diversity in a phylogenetic and geographic context in S. lilium, and discuss the possibility of cryptic species. Sequences from three mitochondrial markers, cytochrome oxidase I, COI (205 sequences), cytochrome b, Cyt b (172 sequences) and the mitochondrial DNA control region, D-loop (101 sequences) were used to infer phylogenies and demographic history in S. lilium. All results indicate a pattern of geographicalstructure ofgenetic diversity, with three major clades isolated byhigh divergence (5-8%).Clade I has northern distribution, including samples from Mexico and northern Central America.CladeIIincluded samples from Panama and northwestern South America separated into two minor groups with overlapping distribution and 2%of genetic divergence. Clade III hassoutherndistribution, including samples from Bolivia and eastern Brazil.Populations within each group showed little structure, evidenced by haplotype sharing between remote locations.There is geographical correlation between clades II and the Amazon biome and clade III and the Atlantic Forest biome. Ahypothesis for the evolution of these groups is the emergence of group III from a common northernancestor. This hypothesis is based on population demographics data indicating population stability in group II.Stability indicates an olderorigin for the group II while group III presents recent expansion.In addition, Brazil sequencescould contain pseudogenes. Pseudogenes are considered "genetic fossil" because of low variationfrom the original sequence, confirming the hypothesis of a northernancestral to clade III.Each clade canrepresents adistinct taxonomic unit based on Genetic Conceptof Species, since the genetic distances between thanare similarto those observed amongS. lilium and S. tildae
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3844
Aparece nas coleções:PPGBAN - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_6379_Dissertação Lorena pós-banca3.pdf2.4 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.