Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3867
Título: Avaliação da escória de aciaria (LD) como leito cultivado e leito filtrante no pós-tratamento de efluente de reator UASB compartimentado
Autor(es): Avelar, Janine Cabral
Orientador: Cassini, Sérvio Túlio Alves
Coorientador: Gonçalves, Ricardo Franci
Data do documento: 30-Jul-2008
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esta pesquisa tem o objetivo de avaliar a escória de aciaria LD como leito fixo construído de áreas úmidas no pós-tratamento de efluentes de reator UASB. Um sistema com três tratamentos foram construídos na ETE-UFES: a) LC1 - leito cultivado com brita, areia e vegetação, usado como controle; b) LC2 - leito cultivado com escória de aciaria, areia e vegetação; c) LC3 - escória aciaria somente, sem vegetação. Os efluentes foram monitorados semanalmente pela avaliação de esgoto bruto, efluente UASB (RAC) e efluentes de LC1, LC2, LC3 pelas seguintes análises: DBO, DQO, sólidos suspensos totais (SST), fósforo total (Ptot), Nitrogênio Total Kjeldahl (NTK), dureza, pH, turbidez, metais pesados e contagem microbiana, usando o meio cromogênico Collilert, métodos de acordo com APHA, 1995. A eficiência global de remoção de matéria orgânica por DQOtotal de 41%, 67%, 66% e 69% respectivamente, para UASB (RAC), LC1, LC2 e LC3 com fluxo de 50ml/s e 48%, 73%, 74% e 85% em relação ao fluxo de 75mL/s. A DBO5 mostrou média de remoção de 26%, 53%, 64% e 51% respectivamente, para UASB (RAC), LC1, LC2 e LC3 com fluxo de 50ml/s e 34%, 74%, 84% e 86% para o fluxo de 75mL/s. A remoção de sólidos foi ineficaz em todos os três tratamentos, mostrando acúmulo sólidos em alguns pontos o que significa que uma grande percentagem foram os sólidos dissolvidos. O LC2 e LC3 também apresentou baixíssima eficiência para a dureza e pH parâmetros devido à composição de escória do leito. A remoção de nitrogênio ocorreu em todos os LC’s com eficiência de remoção variando de 30 a 44% para o fluxo de 50 mL/s e 48% para 61% para o fluxo de 75mL/s. A remoção de P foi de 31% do LC1 e 78% e 79% no LC2 e LC3, respectivamente, para um fluxo de 50ml/s. Quanto ao fluxo de 75mL/s as taxas foram de 76% para LC1, 93% e 96% para LC2 para LC3. A remoção de microrganismos também foi eficiente para os LC’s, nos quais os principais resultados foram obtidos para LC3, em conformidade com a legislação brasileira para lançamento de efluentes em corpos d'água para as duas vazões experimentais, em termos de E. coli e coliformes totais. Deve-se ressaltar que todos os efluentes analisados não encontraram qualquer vestígio de metais pesados que poderiam indicar uma contaminação metálica de aço decorrente da escória do leito. Isso indica também, que a escória de aciaria poderia ser utilizado como leito fixo, sem quaisquer vestígios de contaminação do ambiente.
This research aims to the use of constructed wetlands or not, a simple alternative, with a view to the treatment of wastewater, through a combination of chincanas reactor the constructed wetlands. For both, were built three constructed wetlands from different configuration. CW1 was composed of crushed rock, sand and vegetation and used as controls. CW2 was composed of slag, sand and vegetation, and CW3 was composed only of slag. The analyses carried out in the effluents of the stages of treatment were: BOD5, CODt, solids, phosphorus, nitrogen, hardness, pH value, turbidity and heavy metals, made the second (APHA. 1995). The density of total coliform E. coli was determined by the determination of most probable number (MPN), using chromogenic substrate defined ONPG-MUG (Colilert ®), with quantification through tablet for inscriptionses. The efficiency of removal of organic matter through the analysis of DQOt are 41%, 67%, 66% and 69% respectively for RAC, CW1, CW2, CW3 in the flow of 50mL/se 48%, 73%, 74% and 85% in the flow of 75mL / s. The BOD5 returned efficiency averages around 26%, 53%, 64% and 51% respectively for RAC, CW1, CW2, CW3 in the flow of 50mL/s e 34%, 74%, 84% and 86% in the flow of 75mL/s. The removal of solids was inefficient, presenting accumulation of solids in some points and indicated that most donates solid present, are dissolved. The constructed wetlands 2 and 3 also showed unsatisfactory performance parameters for the hardness and pH due to the presence of slag. In turn, the removal of nutrients has been effective in beds cultivated, with efficiencies of removing nitrogen from 30% to 44% in the flow of 50mL/s e 48% to 61% in the flow of 75mL/s. The removal of phosphorus returned rates of removal of 31% in CW1, 78% and 79% respectively in CW2 and CW3 in the flow of 50mL/s. In the flow of 75mL/s rates were 76% for CW1, 93% and 96% for CW2 to CW3. The efficiency ofCW was also perceived in the removal of microbiological contaminants, as CW3 presented results that met the existing legislation for the launching of effluents tabs on the experimental flow rates, both for total coliform as the parameter for E. coli. Note to be examined in the effluent were not found to indicate metal contamination of effluent by slag from steel plants, indicating that the combination of treatment systems can be an effective alternative in the removal of contaminants.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3867
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2609_Versão Final1.pdf3.13 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.