Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3885
Título: Vulnerabilidade à ação antrópica e uso e ocupação do solo para a estação ecológica municipal Ilha do Lameirão, Vitória, ES
Autor(es): Tulli, Lívia Maria Albertasse
Orientador: Santos, Alexandre Rosa dos
Palavras-chave: Vulnerabilidade
Uso e ocupação do solo
Data do documento: 11-Jul-2007
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O Município de Vitória sofreu um intenso processo de degradação de seus manguezais incentivado pela crise do café na década de 60 e pela criação de novas industrias, movimentando um grande contingente populacional para a capital capixaba. A Estação Ecológica Municipal Ilha do Lameirão, que faz parte dos 891,83 hectares do Manguezal de Vitória, tem como objetivo a pesquisa e a preservação deste ecossistema ambientalmente importante. Este trabalho buscou demonstrar a evolução temporal ocorrida nesta e em seu entorno desenvolvendo mapas de uso e ocupação do solo por meio de digitalização via tela utilizando aerofotos dos anos de 1978 e 2003 e, também, uma imagem pancromática do satélite quickbird 2005. Assim, foi possível delimitar os principais fatores de degradação proporcionados pelo homem e, utilizando o Método Analítico Hierárquico proposto por Saaty (1977), verificar a vulnerabilidade a ação antrópica para esta área de preservação. Identificou-se uma recuperação do manguezal de 1,89% em relação à área total estudada, que equivale a uma área de 0,62 km2, no período de 1978 ao ano de 2005, entretanto foi comprovada uma vulnerabilidade classificada como média-baixa a altíssima-alta para a área.
The city of Vitória suffered an intense degradation process of its mangroves due to the crisis of coffee plantation during the 1960’s and the creation of new factories, these events contributed to increase population of this capital. The Estação Ecológica Municipal Ilha do Lameirão, which is part of the 891.83 hectares of Vitoria mangroves, had an objective to research and preserve this important ecosystem. This work displayed the temporal evolution occurred in this area developing maps of use and occupation of the ground by digitalization via screen using aerial photographs of the years 1978 and 2003 and, also, a satellite quickbird panchromatic image of the year of 2005. Thus, it was possible to delimit the degradation factors and using the Analytical Hierarchy Process proposed by Saaty (1977), to ascertained the vulnerability to anthropic action for this preservation area. The results identified a mangrove recovery of 1,89% in relation to total studied area, that was equivalent to an area of 0,62 km 2 , from 1978 to 2005, however this research proved a vulnerability classified as mean-low to very high-high for the area
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3885
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2644_Dissertação_LíviaTulli.pdf16.23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.